(041) – SATANÁS

Satã é uma palavra hebraica. No original pronuncia-se Shatã. A tradução em português é: adversário. Muitas vezes, onde lemos na Bíblia adversário, no hebraico está escrito Satã. Por exemplo: Em 1 Reis 11 lemos a história da corrupção e queda de Salomão, e nos versos 14 e 23 está escrito adversário, mas no hebraico está escrito Satã. Como foi Jeová que levantou os dois Satãs contra Salomão, e não fica bem para Deus ser servido por Satã, os tradutores escrevem adversário. O fato é que Jeová levantou dois Satãs para atormentarem Salomão, como lemos em 1 Rs.11:25.

Todas as vezes que Satã age sem ser mandado por Jeová, os tradutores escrevem Satã, pois a intenção é fazer crer que o mal não vem de Jeová,  mas de Satanás. Em Am.3:6 está escrito que todo o mal vem de Jeová e não de Satã. Os projetos de todos os terríveis males que assolaram Israel partiram da mente de Jeová. “Eis que estou forjando mal contra vós, e projeto um plano contra vós” (Jr.18:11). Todas as vezes que Jeová envia Satanás para fazer algum mal, os tradutores colocam a palavra adversário. O rei dos moabitas, Balaque, pediu ao profeta Balaão que amaldiçoasse Israel. Este consultou a Jeová, e em obediência não atendeu a solicitação de Balaque, que tentou persuadi-lo com mais presentes. Novamente Balaão consultou Jeová, que lhe deu ordem de seguir com os emissários de Balaque, porém, submisso as ordens de Deus, Balaão se foi, e no caminho, o anjo de Jeová se colocou como adversário, porém no hebraico está escrito Satanás (Nm.22:22). É estranho  que o anjo de Jeová seja também Satanás. Quem viu o Satanás foi a jumenta de Balaão. Depois Jeová abriu os olhos de Balaão e ele viu o anjo de Jeová que lhe disse: “Porque já três vezes espancaste tua jumenta? Eis que eu sai para ser o teu Satanás” (Nm.22:32). Satanás é o anjo de Jeová. Se os tradutores deixassem a palavra Satã, os cristãos teriam chance de perceber que Satã está a serviço de Jeová.

No Velho Testamento as obras de Satanás são iguais as obras de Jeová. Vejamos: Em 2 Sm.24:1 lemos que Jeová incitou Davi ao mal. Em 1 Cr.21:1 é repetido o episódio, mas é Satanás quem incita Davi. Afinal, foi Satã ou Jeová? Foi Jeová da parte de Satã, ou foi Satã da parte de Jeová? Será que juntos incitaram a Davi? Incitar é impelir, provocar, instigar, coisa que não fica bem para Jeová, o grande Deus do Velho Testamento. Vamos analisar as obras de Satanás e de Jeová para vermos qual a relação entre ambos:

1.   Satanás é tentador – Mt.4:1; 1 Co.7:5.

2.   Satanás atira setas inflamadas contra os homens – Ef.6:16.

3.   Satanás atormenta as pessoas – At.5:16; Mt.25:41.

4.   Satanás causa enfermidades malignas – Lc.13:11-16; Jó 2:7.

5.   Satanás é o pai dos espíritos  malignos – Mc.1:23-26; Lc.11:24-26.

6.   Satanás é o devorador das almas como leão – 1 Pd.5:8.

7.   Satanás pratica o mal – Lc.4:1-8; Lc.22:31; 1 Jo.5:19.

8.   Satanás é destruidor – 1 Co.10:10.

9.   Satanás é o pai da mentira – Jo.8:44.

10. Satanás é o príncipe das trevas – At.26:18; Ef.6:12.

Vamos percorrer o Velho Testamento e ver se estas dez características próprias de Satanás existem também no grande Deus Jeová. Se existem, ficará difícil afirmar que os dois nada têm em comum. Vejamos:

1-  Jeová tentou Abraão em Gn.22:1. Também tentou seu povo no deserto: “E te lembrarás de todo o caminho pelo qual Jeová teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, E TE TENTAR, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos ou não” (Dt.8:2) – Jeová tenta.

2-  Jeová também atira com setas inflamadas. “Se o homem não se converter, Jeová afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e já para ele preparou armas mortíferas, e porá em ação as suas SETAS INFLAMADAS” (Sl.7:12-13).

3-  É incrível, mas Jeová também atormenta. “Porei sobre vós terror, a tísica e a febre ardente, que consumam os olhos, atormentem a alma” (Lv.26:16).

4-  Jeová fere com enfermidades malignas. “Jeová te ferirá com úlceras do Egito, com hemorróidas, e com sarna, e com coceira, de que não possas curar-te” (Dt.28:27). “Também Jeová fará vir sobre ti toda a enfermidade e toda a praga, que não está escrita no livro desta lei, até que sejas destruído” (Dt 28:61).

5-  Jeová envia espíritos malignos: “E o espírito de Jeová se retirou de Saul, e o atormentava um espírito mau da parte de Jeová” (1 Sm.16:14; 18:10; 19:9-10).

6-  Da mesma forma que o diabo é o Leão devorador revelado por Pedro, Jeová se autodenomina Leão devorador: “Serei, pois, para eles como Leão, como Leopardo espiarei no caminho. Como urso que tem perdido seus filhos, os encontrarei, lhes romperei as teias, e ALI OS DEVORAREI COMO LEÃO” (Os.13:7-8). Se Jeová é o Leão devorador, não estaria Pedro revelando sua identidade em 1 Pd.5:8?

7-  Jeová se diz autor de todo o mal. “Sucederá qualquer mal a cidade, e Jeová não o terá feito? (Am.3:6).

8-  Jeová, como Satã, é destruidor. “E disse Jeová: Destruirei, de sobre a face da terra, o homem que criei, desde o homem até o animal” (Gn.6:7; Dt.28:48,61).

9-  Jeová mente. Afirma que pensa o mal e não o bem (Jr.18:11; 21:10). Depois afirma que pensa o bem e não o mal (Jr.29:11). Jeová, na lei, disse que os filhos não morreriam pelos pais (Dt.24:16). Em Is.14:21 fala o contrário. Jeová mente.

10- Jeová se manifestou em trevas (Hb.12:18-21). Jeová se oculta nas trevas de Satanás (Sl.18:11).

Será que o Deus Jeová é tão pouco criativo que teve de imitar as obras de Satã ?

Por isso Jesus disse: “Aproxima-se  o príncipe deste mundo, e nada tem em mim” (Jo.14:30).

Autoria: Pastor Olavo S. Pereira

2 thoughts on “(041) – SATANÁS

  1. é correto afirmar que: Deus Criador de todas as coisas e pai de Jesus – é o Jeová do velho testamento, porém sem o lado maligno, seria isso? ou o Deus criador de todas as coisas e pai de Jesus cristo o messias não tem nada a ver com o Jeová do velho testamento?
    O que Jesus queria dizer com a afirmação “Aproxima-se o príncipe deste mundo, e nada tem em mim”.

    Atenciosamente,
    Wellington pessoa

    • O mundo físico foi feito de átomos que são invisíveis e é de Jeová.
      *Tem muitos outros textos no velho testamento que comprovam isso.
      (Isaías 45:11,12) Assim diz o Senhor, o Santo de Israel, aquele que o formou: Perguntai-me as coisas futuras; demandai-me acerca de meus filhos, e acerca da obra das minhas mãos.
      Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens.

      Os mundos refere-se as épocas diferentes, por exemplo:

      (2 Pedro 3:5-7) Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste.
      Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio,
      Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.

      O mundo antigo foi pela palavra de Jeová e o mundo de agora é pela palavra do Pai isto é Jesus :

      (1 João 1:1,2) O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida
      (Porque a vida foi manifestada, e nós a vimos, e testificamos dela, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, e nos foi manifestada);

      A Fundação do mundo do Pai foi em Cristo porque o Pai não enxerga a Criação de Jeová porque não passa de Pó:

      (Mateus 25:34) Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;

      (Apocalipse 13:8) E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.

      (Colossenses 1:15-19) O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;
      Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.
      E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.
      E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.
      Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse,

      (João 1:1-3) No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
      Ele estava no princípio com Deus.
      Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

      (Lembrando Princípio = Morte do Cordeiro na Cruz)

      E sim existem 2 Criações que guerreiam:

      (Hebreus 9:11) Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação,

      (*Tabernáculo = Corpo, *Mais perfeito tabernáculo = Igreja = Corpo de Cristo que tem que ser espiritual e que não é da terra)
      (Colossenses 3:1-3) Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.
      Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;
      Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.
      (Efésios 2:6) E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

      Jesus venceu a carne portanto venceu Jeová:

      (Romanos 8:2-26) Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
      Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;
      Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
      Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.
      Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.
      Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.
      Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
      Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
      E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça.
      E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.
      De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne.
      Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.
      Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus.
      Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.
      O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
      E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.
      Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.
      Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus.
      Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou,
      Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.
      Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.
      E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo.
      Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará?
      Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos.
      E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.

      Por esta razão agora a Santidade faz sentido:

      (Gálatas 5:24) E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.

      (2 Coríntios 5:16,17) Assim que daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo.
      Assim que, se alguém está em Cristo, nova criação é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

      (*criação alterado por mim*, na sua bíblia estará criatura, porém a palavra grega impregada nesse texto é:( ktisis = ato de criar, criação
      1b) criação, i.e., coisa criada)

      (Efésios 3:9) E demonstrar a todos qual seja a comunhão do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo;

      Atenciosamente,
      Pr. Abner Pereira Dancuart.

Deixe uma resposta