(595) – LAÇOS DE JEOVÁ

1)  O que é laço? A definição, segundo o Dicionário de Caldas Aulete: “Laço é artimanha para enganar, ou trair outrem”. Exemplo: Davi seduziu Bat-Seba e se deitou com ela. Então planejou um laço para Urias. Mandou chamá-lo para que ele se deitasse com ela e se tornasse pai da criança. Urias não caiu nesse laço. Que feio para Davi! Como Urias não caiu no laço, ele armou outro pior. Mandou Urias levar uma carta para Joabe, capitão do exército. Urias, que não suspeitava de nada, e achava que Davi era um servo de Deus, levou a carta inocentemente. Sabe qual era a mensagem que Davi mandou na carta? Era a mais sórdida que poderia existir: “Ponde Urias na frente da maior força da peleja; e retirai-vos de detrás dele, para que seja ferido e morra… e morreu também Urias, o heteu” (2 Sm.11:15, 17). Ele caiu no laço armado pelo seu melhor amigo, Davi, que era o maior servo de Jeová.

2)  Segundo laço: “E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual Jeová teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te tentar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não. E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram, para te dar a entender que o homem não viverá só de pão, mas que de tudo o que sai da boca de Jeová viverá o homem” (Dt.8:2-3). “Então comeram e se fartaram bem, pois lhes satisfez o desejo. Não refrearam o seu apetite. Ainda lhes estava a comida na boca quando a ira de Jeová desceu sobre eles, e matou os mais fortes deles, e feriu os escolhidos de Israel” (Sl.78:29-31). Quando Jeová fazia o povo passar fome, é porque ele não queria alimentá-los. Era um laço para matá-los. Jeová mesmo confessa que arma laços: “A Jeová dos Exércitos, a ele santificai; e seja ele o vosso temor, e seja ele o vosso assombro. Então ele vos será santuário; mas servirá de pedra de tropeço, e de rocha de escândalo às duas casas de Israel; de laço e rede aos moradores de Jerusalém. E muitos dentre eles tropeçarão, e cairão, e serão quebrantados, e enlaçados, e presos” (Is.8:13-15). “Portanto assim diz Jeová: Eis que armarei tropeços a este povo, e tropeçarão neles pais e filhos juntamente; o vizinho e o seu companheiro perecerão” (Jr.6:21).

3)     Jeová prometeu lançar fora as nações de Israel que eram sodomitas: “E enviarei um anjo adiante de ti, (e lançarei fora os cananeus, e os amorreus, e os heteus, e os perizeus, e os heveus e os jebuseus)” (Ex.33:2). Repete a promessa em Ex.34:24: “Porque eu lançarei as nações de diante de ti”. Também em Dt.7:1. Quando Israel entrou em Canaã, Jeová disse: “E subiu o anjo de Jeová de Gilgal a Boquim, e disse: Do Egito vos fiz subir, e vos trouxe à terra que a vossos pais tinha jurado, e disse: Nunca invalidarei o meu concerto convosco. E quanto a vós, não fareis concerto com os moradores desta terra, antes derrubareis os seus altares. Mas vós não obedecestes à minha voz. Por que fizestes isto? Pelo que também eu disse: Não os expelirei de diante de vós; antes estarão às vossas costas, e os seus deuses vos serão por laço” (Jz.2:1-3). Jeová levou Israel para Canaã, mas não tinha a intenção de que eles não se corrompessem. Quando eles chegaram lá dentro, Jeová declarou: “Estas, pois, são as nações que Jeová deixou ficar, para por elas provar a Israel, a saber, a todos os que não sabiam de todas as guerras de Canaã. Isso tão somente para que as gerações dos filhos de Israel delas soubessem (para lhes ensinar a guerra), pelo menos as gerações que dantes não sabiam disso: Cinco príncipes dos filisteus, todos os cananeus, e sidônios, e heveus, que habitavam nas montanhas do Líbano, desde o monte de Baal-Hermom, até a entrada de Hamate. Estes, pois, ficaram para por eles Jeová provar a Israel, para saber se dariam ouvidos aos seus mandamentos, que tinha ordenado a seus pais, pelo ministério de Moisés. Habitando, pois, os filhos de Israel no meio dos cananeus, e heteus, e amorreus, e perizeus, e heveus, e jebuseus, tomaram de suas filhas para si por mulheres, e deram aos filhos deles as suas filhas, e serviram a seus deuses. E os filhos de Israel fizeram o que parecia mal aos olhos de Jeová, e se esqueceram de Jeová seu deus, e serviram aos baalins e a Astarote. Jeová, irado, os vendeu a Cusã-Risataim, rei da Mesopotâmia; e os filhos de Israel o serviram a durante oito anos” (Jz.3:1-8).

Que laço, não?

Autoria: PASTOR OLAVO SILVEIRA PEREIRA

Deixe uma resposta