(724) – FOGO SERRADO

1)  Os cristãos estão debaixo de um fogo serrado. De um lado, Iahweh queria que eles caíssem e de outro lado, Satanás quer que eles caiam. É uma guerra complicada: quando Adão e Eva estavam no paraíso, Iahweh colocou uma serpente lá, para derrubá-los. E por outro lado, a serpente também queria derrubá-los. Se Iahweh proibiu comer do fruto e a serpente incitava-os, uniram-se duas forças. O profeta Amós disse: “Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” (Am.3:1). No livro de Jó, Iahweh elogiava Jó: “E disse Iahweh a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem sincero, e reto, e temente a Deus, e desviando-se do mal. Então, respondeu Satanás a Iahweh, e disse: Porventura, teme Jó a Deus debalde? Porventura, não o cercaste tu de bens a ele, e a sua casa, e a tudo o quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste, e o seu gado está aumentando na terra. Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema de ti na tua face!” (Jó.1:8-11). Iahweh disse a Satanás: “Eis que tudo quanto tem está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença de Iahweh” (Jó.1:12). Então Satanás tirou tudo o que Jó tinha, inclusive os filhos.
Foi fogo serrado: de um lado, Iahweh; e de outro lado, Satanás.

2) Diz a Escritura que Satanás é o tentador: “e, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. E, chegando-se o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, mande que estas pedras se tornem em pães” (Mt.4:2-3). “E aconteceu, depois destas coisas, que tentou Iahweh a Abraão. E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma da montanhas que te direi” (Gn.22:1-2). Nas traduções da Bíblia está escrito: ‘tentou Deus’, mas no Novo Testamento está escrito que Deus nunca foi visto por alguém: “Deus nunca foi visto por alguém. O Filho Unigênito, que está no seio do Pai, este o fez conhecer” (Jo.1:18). Então, não foi Deus quem falou com Abraão. Foi Iahweh. E mais: “Tudo por meu pai me foi entregue; e ninguém conhece quem é o Filho, senão o Pai, nem quem é o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar” (Lc.10:22). Perguntaram os farizeus para Jesus: “Onde está teu Pai? Jesus respondeu: Não me conheceis a mim, nem a meu Pai; se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai” (Jo.8:19). Também, São Thiago diz: “Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência” (Tg.1:13-14).

3) “Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno” (Ef.6:16). O maligno é Satanás. Mas Iahweh também lança dardos inflamados: “Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado; e já para ele preparou as armas mortais, e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores” (Sl.7:12-13). “Porque as flechas do Todo-poderoso, estão em mim, e o seu ardente veneno,o bebe o meu espírito; os terrores de Deus se armam contra mim” (Jó.6:4). Deus cravou flechas cheias de veneno mortal em Jó? “Ó Iahweh, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor. Porque as tuas flechas se cravaram em mim, e a tua mão sobre mim desceu. Não há coisa sã na minha carne, por causa da tua cólera; nem há paz em meus ossos, por causa do meu pecado” (Sl.38:1-3).

Satanás é o acusador. Iahweh também acusa. Ele acusou Davi; que era o seu mais querido: “Por que, pois, desprezaste a palavra de Iahweh, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom. Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa” (2 Sm.12:9-10). Iahweh acusou também o pecado de Salomão: “Pelo que disse Iahweh a Salomão: Visto que houve isso em ti, que não guardaste o meu concerto e os meus estatutos que te mandei, certamente, rasgarei de ti este reino, e o darei a teu servo” (1 Rs.11:11).

Autoria: Pr. Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta