(601) – DOIS MINISTÉRIOS 33

1)   Está provado que o Velho Testamento é diferente do Novo Testamento. Jeová declarou: “Porque, eis que eu crio céus novos e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão” (Is.65:17). No ministério de Jeová, que é o ministério do Velho Testamento, a carne e o sangue herdam o reino de Deus, e Jeová vai ser adorado eternamente pela carne (Is.66:22-23). No Novo Testamento, que é o ministério de Cristo, a carne e o sangue não herdam o reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção (1 Co.15:50). São ministérios opostos.

2)   Na nova criação de Jeová haverá descendência carnal: “Não quebrarei o meu concerto, não alterarei o que saiu dos meus lábios. Uma vez jurei por minha santidade que não mentirei a Davi. A sua descendência durará para sempre, e o seu trono será como o sol perante mim; será estabelecido para sempre como a lua; e a testemunha no céu é fiel” (Sl.89:34-37). No Novo Testamento, no ministério de Cristo, não haverá descendência carnal: “Mas os que forem havidos por dignos de alcançar o mundo vindouro, e a ressurreição dos mortos, nem hão de se casar, nem ser dados em casamento, porque já não podem mais morrer; pois são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição” (Lc.20:35-36).

3)   No novo céu de Jeová haverá morte: “Não haverá nela criança de poucos dias, nem velho que não cumpra os seus dias; porque o jovem morrerá de cem anos; mas o pecador de cem anos será amaldiçoado” (Is.65:20). No Novo Testamento, todos os que são de Cristo, serão ressuscitados com ele, para nunca mais morrer. O texto acima fala que o pecador de cem anos será amaldiçoado. Para os de Cristo não haverá maldição: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro” (Gl.3:13). Se no reino celestial de Jeová haverá maldição,é porque Jeová não deu a sua vida por ninguém.

4)   No céu de Jeová não haverá vida eterna, então os velhos andam de bengala, com barba até o chão, esperando a morte, ainda trabalhando para comer (Is.65:21-22). Este povo que herda a morte, que trabalha para comer, são os benditos de Jeová: “Não trabalharão debalde, nem terão filhos para a perturbação; porque são a semente dos benditos de Jeová, e os seus descendentes com eles” (Is.65:23). A única coisa que no reino de Jeová é diferente da terra é que o lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi (Is.65:25), e o pó será a comida da serpente. A serpente que Jeová colocou no paraíso de Adão e Eva foi a causadora de todas as desgraças, guerras, maldições, pragas e misérias. Jeová não se esqueceu de incluir no seu novo céu e nova terra, todas as desgraças do passado, porque ele pretende repetir no futuro.

5)   Os salvos por Cristo vão com Ele para o reino da luz e do amor. “Dando graças ao Pai, que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz” (Cl.1:12). “E nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor” (Cl.1:13).

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta