(772) – A VONTADE DE DEUS

Na oração do ‘Pai Nosso’ está escrito: “Venha o teu Reino. Seja feita a tua vontade, tanto na terra como no céu” (Mt.6:10). Deus quer que a Sua vontade seja feita tanto na terra como no céu; mas a vontade de Deus não é feita na terra:

“Como acima diz: Sacrifício e oferta, e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei). Então disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo. Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez” (Hb.10:8-10). Tirar o primeiro, é tirar os sacrifícios e holocautos que se ofereciam segundo a lei. Estabelecer o segundo é estabelecer o sacrifício de Cristo, feito uma vez na Cruz: “Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, de tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra” (Ef.1:9-10).

Como o sacrifício da lei não era da vontade de Deus, Ele não estava lá. Então, quem estava lá? Iahweh dos Exércitos. Como Deus não estava lá, Iahweh e Deus não são a mesma pessoa: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo” (Ef.1:3).

Por que tantos cristãos vivem sem bênção? Porque não estão nos lugares celestiais! Se o cristão consegue subir nos lugares celestiais, ele recebe imediatamente todas as bênçãos.

“Adúlteros e adúlteras, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tg.4:4). A carne é inimiga de Deus: “Portanto o que era impossível à lei, visto que estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne, para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito, para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Portanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus” (Rm.8:3-8). Quem anda na carne nunca chegará aos lugares celestiais, e, não chegando, não tem bênção, porque as bênçãos estão nos lugares celestiais. O apóstolo Pedro diz: “Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais, que combatem contra a alma” (1 Pd.2:11). “E, agora, digo isto, irmãos: Que a carne e o sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção” (1 Co.15:50).

Sabem quem não está nos lugares celestiais? Iahweh, porque ele é o Deus de toda carne: “Eis que eu sou Iahweh, o Deus de toda a carne. Acaso seria qualquer coisa maravilhosa demais para mim?” (Jr.32:27). “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da prostituição, que cada um de vós saiba possuir o seu vaso (mulher) em santificação e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus” (1 Ts.4:3-5).

 

Autoria: Pr. Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta