(763) – O INEXPLICÁVEL 2

1)  Deus é amor: “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor” (1 Jo.4:- 8). Iahweh aborrece os ímpios: “Iahweh prova o justo, mas a sua alma aborrece o ímpio e o que ama a violência” (Sl.11:5). “Sobre os ímpios fará chover laços, fogo, enxofre e vento tempestuoso; eis a porção do seu copo” (Sl.11:6-7). Se ele limitasse o seu ódio sobre os ímpios, poderíamos até aceitar; mas, ele aborreceu o seu próprio povo: “Deus ouviu isto e se indignou; e sobremodo aborreceu a Israel, pelo que desamparou o tabernáculo em Siló, a tenda que estabelecera como sua morada entre os homens, e deu a sua força ao cativeiro, e a sua glória, à mão do inimigo, e entregou o seu povo à espada, e encolerizou-se contra a sua herança” (Sl.78:59-62). Iahweh não conhece o amor, porque “A caridade é sofredora, é benigna; a caridade não é invejosa; a caridade não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade, tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. A caridade nunca falha” (1 Co. 13:4-7).

2)  “Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida” (Jo.8:12). Iahweh deu a lei no meio das trevas: E sucedeu que, ouvindo a voz do meio das trevas e vendo o monte ardendo em fogo, vos achegastes a mim, todos os cabeças das vossas tribos e vossos anciões” (Dt.5:23). Iahweh não conhece a luz porque quando terminou de dar a lei ao povo, Moisés chegou-se à escuridão onde Iahweh estava (Ex.20:21). Inexplicável!

3)  “Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta” (Tg.1:13).

a) Iahweh tentou Abraão dizendo: “Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, lsaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; e oferece-o ali em holocausto sobre um das montanhas, que eu te direi” (Gn.22:1-2). “Então, disse: Não estendas a tua mão sobre o moço e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus” (Gn.22:12). Iahweh não sabia que Abraão o temia. É inexplicável!

b) “Contudo, no negócio dos embaixadores dos príncipes de Babilônia, que foram enviados a ele a perguntarem acerca do prodígio que se fez naquela terra, Iahweh o desamparou, para tentá-lo, para saber tudo o que havia no seu coração” (2 Cr.32:31). É inexplicável!

c) “E te lembrarás de todo o caminho pelo qual Iahweh teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te tentar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos ou não” (Dt.8:2). Nos seminários teológicos de todo o mundo diz-se que Deus tem três atributos principais: Onisciência, Onipresença e Onipotência. Só que Iahweh não possui nenhum desses atributos! É inexplicável!

4)  “E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom mestre, que bem farei, para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom, senão um só, que é Deus” (Mt.19:16-17). Deus é tão bom: “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens” (Tt.2:11). Deus é tão bom “que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade” (1 Tm.2:4).

Iahweh é tão mau que “sucederá qualquer mal à cidade que Iahweh não o terá feito?” (Am.3:6). “Porque pus o meu rosto contra esta cidade para mal e não para bem, diz lahweh; na mão do rei da Babilônia se entregará, e ele a queimará a fogo” (Jr.21:10). Iahweh é tão mau que deu ordem a Jeremias dizendo: “Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor nem oração; porque não os ouvirei no tempo em que eles clamarem a mim, por causa do seu mal” (Jr.11:14). “Portanto, assim diz Iahweh dos Exércitos, Deus de Israel: Eis que darei de comer alosna a este povo, e lhe darei a beber água de fel” (Jr.9: 15). “Disse-me mais Iahweh: Não rogues por este povo para bem” (Jr. 14: 11). É inexplicável!

Disse Jesus: “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos” (Jo.15: 13).

 

 

Autoria: Pr. Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta