(156) – ANJO DE LUZ

                  ANJO DE LUZ

 

O apóstolo Paulo se refere a este personagem, dizendo:“Satanás se transforma em anjo de luz” (II Co. 11:14). Satanás é o acusador dos cristãos no céu  (Ap. 12:10).É o pai da mentira (Jó 8:44;  II Ts. 2:9). É o adversário dos santos (I Pd. 5:8). É quem arma ciladas para derrubar os cristãos (Ef. 6:11; II Tm. 2:26). São tantas as ocupações maléficas de satanás, que não sobra tempo nem espaço para se transformar em anjo de luz. Mas se Paulo, o maior apóstolo, afirmou, nós aceitamos e cremos.

Que é anjo de luz? É o portador da luz. Lúcifer é o portador da luz, e satanás é o príncipe das Trevas (At. 26:18; Ef.6:12). Quem é o portador da luz? É Jesus, que declarou: “Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça em trevas.” (Jo. 12:46). E Jesus é também a estrela da manhã, pelas palavras do apóstolo Pedro (II Pd. 1:19).  O próprio Senhor Jesus Cristo afirma que é  a resplandecente estrela da manhã  (Ap. 22:16).

O título de estrela da manhã foi dado a Nabucodonosor, rei da Babilônia pelo profeta Isaías (Is. 14:12). Os cristãos, a partir do terceiro século, convencionaram aplicar Is. 14:12 a satanás, e assim, Nabucodonosor é uma figura de satanás, mas isto é pura interpretação teológica baseada em Lc. 10:18 e Is. 14:12. Lucas narra que Jesus viu satanás cair do céu na terra, e em Is. 14:12 está escrito que a estrela da manhã caiu do céu.

Satanás transformando-se em anjo de luz, é satanás transformando-se em Jesus Cristo.  As obras de satanás são perversas e tenebrosas, mas como os cristãos querem riquezas, casas e carrões, ele vem distribuindo estas coisas.

Os que as recebem glorificam a Jesus , mas quem dá é o diabo. Jesus não pode dar essas coisas, pois a esses ordenou que não buscassem as riquezas deste mundo, e as outras que já as tinham, mandou dar aos pobres para poder entrar no céu (Mt. 6:19-24; Mt. 19:16-25). Se Jesus não dá essas coisas mas aparece outro Jesus que é especialista em aquinhoar os mundanos com tais obséquios, este tal só pode ser o diabo, e assim satanás se transforma em anjo de luz. Satanás ofereceu para Jesus poder, glória e riqueza, explorou sua fome e sua vaidade na hora da necessidade, pois estava no deserto em jejum por quarenta dias. Satã apareceu como anjo de luz para socorrê-lo. Se Jesus aceitasse teria de adorá-lo como Deus. O texto bíblico diz assim: “E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória, porque a mim me foi entregue e dou-o a quem quero; portanto, se tu me adorares , tudo será teu ” (Lc. 4:5-8).

O próprio Jesus advertiu os apóstolos de que seria precedido, na sua vinda, por falsos cristos.“Acautelai-vos, que ninguém vos engane; porque muitos virão em meu nome,  dizendo: Eu sou o Cristo, e enganarão a muitos” (Mt. 24:4-5).  “ Se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito, porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mt. 24:23-24).

O cristão sincero, mas que crê de forma errada, isto é, crê no falso cristo, está garantido em sua fé? Pode um cristão cheio do Espírito Santo crer de forma errada? Jesus explicou que no seu campo, isto é, na igreja, existe o joio e o trigo. O joio a que Jesus se refere é uma planta muito parecida com o trigo quando ainda nova, mas depois de crescida é complemente diferente, e é venenosa. Tanto o joio como o trigo são os cristãos. O cristão neófito ainda tem vícios, pois não atingiu maioridade espiritual, mas busca a perfeição com todas as suas forças, ao passo que o joio é o cristão sincero, mas que não crê na perfeição espiritual e assim se torna um veneno para a sã doutrina. Somente quando as duas plantas amadurecerem e se tornarem diferentes, é que podem ser separadas. Isso se dá na ceifa. O joio são os cristãos alimentados por satanás transfigurado em anjo de luz. O trigo são os cristãos que aborrecem este mundo, aborrecem a carne com suas paixões e concupiscência, como Paulo,  que crucificou a carne(Gl. 2:20), e crucificou o mundo com suas ilusões e fantasias (Gl. 6:14). E Paulo ensinava que o verdadeiro cristão segue seu exemplo. “Os que são de cristo crucificam a carne com suas paixões e concupiscências.” (Gl. 5:24) .

É possível ter toda a fé e se perder? Paulo disse: “Ainda que eu tivesse o dom de profecia , e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que eu tivesse toda a fé, de maneira nenhuma tal que transportasse os montes, e não tivesse caridade, nada seria” (I Co. 13:2). Tudo que trata dos nossos direitos nesse mundo, tudo que está ligado aos nossos interesses pessoais neste mundo, tudo deste mundo que enche nossos olhos, tudo o que satisfaz os desejos da carne, tudo o que é elevado entre os  homens, todas estas coisas procedem de satanás transfigurado em anjo de luz, e conduzem multidões de cristãos para o inferno. É por isso que Jesus disse: “Nem todo aquele que me diz: Senhor! Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor! Senhor! Não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? Então vos direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mt. 7:21-23). Eram cristãos, trabalharam em nome de Jesus, mas para o anjo de luz .

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

 

Deixe uma resposta