(514) – ABERRAÇÕES – VII

ABERRAÇÕES  7

Que é hereditariedade? É sucessão, transmissão aos descendentes dos caracteres físicos ou morais dos ascendentes. O etíope transmite aos descendentes a pele escura, o cabelo pichaim, etc.. O mongol transmite os olhos puxados e as têmporas salientes. Cada raça tem os seus caracteres.

Existem também as doenças hereditárias. A leucemia, ou câncer do sangue, se transmite aos descendentes. A lepra é transmitida geneticamente. A doença mais conhecida que é transmitida geneticamente é o diabetes. Existem muitas doenças que passam dos pais para os filhos: epilepsia, esquizofrenia, hipertensão e outras. Muitas dessas doenças surgiram de mutações genéticas que podem acontecer na miscigenação das raças, ou outros fatores biológicos. A nossa mente aceita fenômenos da natureza que muitas vezes são inexplicáveis. O que a mente de alguns não aceita é que há um Deus de amor (I Jo.4:8), um Deus que quer salvar todos os homens, de todas as etnias e de todas as condições sociais (I Tm.2:3-4). Seria aceitável que antes que enviasse seu Filho unigênito para salvar e amar, enviasse maldições hereditárias e eternas? Isso é uma aberração, pois não condiz com a natureza do Deus revelado por Jesus no Novo Testamento. Vejamos:

  1.       A MALDIÇÃO DE JUDAS ISCARIOTES – Judas era possuído por Satanás, pois entrou nele na hora da ceia (Jo.13:27). Jesus o chama de diabo (Jo.6:70). Judas era ladrão e roubava o dinheiro dos pobres (Jo.12:4-6). E Judas vendeu Jesus por trinta moedas de prata (Mt.26:14-16; Zc.11:12-13). A maldição foi prevista profeticamente mil anos antes (At.1:20; Sl.69:25). “Quando for julgado, saia condenado; e em pecado se lhe torne a oração. Sejam poucos os seus dias, e outro tome o seu ofício. Sejam órfãos os seus filhos, e viúva a sua mulher. Sejam vagabundos e mendigos os seus filhos, e busquem o seu pão longe das habitações assoladas. Lance o credor mão de tudo quanto tenha, e despojem-no os estranhos do seu trabalho. Não haja ninguém que se compadeça dele, nem haja quem favoreça os seus filhos” (Sl.109:7-12). Que têm os filhos com os pecados dos pais? Na lei, lemos: “Os pais não morrerão pelos filhos, nem os filhos pelos pais. Cada um morre pelo seu próprio pecado” (Dt.24:16).
  2. A MALDIÇÃO DE GEAZI – Geazi era o servo do profeta Elizeu, filho de Safate (II Rs.5:20).Naamã, chefe do exército da Síria, era leproso. Uma menina israelita, que servia à mulher de Naamã, falou dos prodígios que o profeta Elizeu fazia. O rei da Síria enviou por mão de Naamã, uma carta ao rei de Israel, e um presente de dez talentos de prata, seis mil ciclos de ouro e dez mudas de vestidos, para que Naamã fosse curado da lepra. Elizeu mandou um recado a Naamã dizendo que se banhasse sete vezes no rio Jordão, e ficaria curado. Naamã, muito a contra gosto, obedeceu, e, oh! Maravilha. Sua carne ficou como a de um menino. Naamã mandou, cheio de gratidão, o presente. Elizeu não aceitou, e Naamã voltou jubilante para a Síria. Quando Geazi, soube do caso, foi atrás de Naamã e pegou o presente, isto é, dez talentos de prata, seis mil ciclos de ouro e as dez mudas de vestidos. Elizeu, o profeta de Jeová, foi ao encontro de Geazi, passou-lhe uma descompostura, e lhe disse: “A lepra de Naamã se pegará a ti e à tua semente para sempre. Então saiu Geazi de diante de Eliseu leproso” (II Rs.5:27). Que Geazi ficasse leproso pela cobiça, tudo bem, mas toda a descendência, que não participou do pecado, é uma aberração injusta do perverso Jeová.
  3. A MALDIÇÃO DE JOABE – Joabe era capitão do exército de Davi. Era primo de Davi e comandante e chefe do seu exército (I Rs.11:15). Abner era primo de Saul, e comandante do seu exército. Como Saul nutrisse inveja e ciúme do valor de Davi, e o caçava por toda a parte para matá-lo, Abner passou para o lado de Davi (II Sm.3:23-25). Joabe, suspeitando que Abner era espião de Saul, foi ao seu encontro para falar em segredo, e matou-o traiçoeiramente (II Sm.3:26-27). Então Davi pronunciou terrível maldição sobre Joabe e sua casa dizendo: “Fique-se sobre a cabeça de Joabe e sobre toda a casa de seu pai, e nunca na casa de Joabe falte quem tenha fluxo (gonorréia), nem quem seja leproso, nem quem ande de muleta, nem quem caia à espada, nem quem necessite de pão” (II Sm.3:29). Que estas cinco maldições caíssem sobre Joabe, compreende-se, mas que atingisse toda a descendência para sempre, é a mais absurda e cruel aberração, pois iria atingir inocentes para sempre, e só Jeová é capaz disso.

Mas graças a Deus Paulo declara: “Cristo nos resgatou das maldições da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro” (Gl.3:13).

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta