(515) – ÁRVORE MÁ – VII

ÁRVORE   MÁ   7

Jesus disse: “Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons” (Mt.7:16-18). Jesus não está falando das obras de Deus, mas está falando das obras dos homens. Paulo declara que todos são injustos; não há ninguém que faça o bem, nem sequer um (Rm.3:10-12). Paulo declara também que era, no passado, insensato, desobediente, extraviado, servindo a várias concupiscências e deleites, vivendo em malícia e inveja, odiando e sendo odiado (Tt.3:3). Mas os que são de Cristo são novas criaturas, as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo (II Co.5:17). Antes era carnal, agora é espiritual; antes era odioso, agora ama os inimigos, perseguidores e adversários (Mt.5:43-48). Antes era do mundo, agora não é mais (I Jo.2:15-17). Antes era das trevas, agora é luz no Senhor (Ef.5:8; Mt.5:14-16). Antes amaldiçoava, agora só abençoa (Rm.12:14). Antes era espinheiro, agora está ligado à videira verdadeira (Jo.15:1-5).

Se o homem mau, depois de nascido de novo, só dá bom fruto, Deus que opera o novo nascimento pelo Espírito Santo, jamais poderia dar frutos maus.

Pois Jeová, o deus que se revelou a si mesmo, produz frutos maus:

  1. Jeová mata inocentes no lugar dos culpados. Isaías diz: “Preparai a matança para os filhos por causa da maldade de seus pais” (Is.14:21). A prova disso está em que Jeová matou o filho recém nascido de Davi por causa do adultério (II Sm.12:13-14).
  2. A árvore boa ama os inimigos, como ordenou Jesus em Mt.5:44-46, mas a árvore má guarda ódio eterno, como Jeová fez com Amaleque: “Porquanto jurou Jeová, haverá guerra de Jeová contra Amaleque de geração a geração” (Ex.17:16). Quinhentos anos mais tarde, disse Jeová ao rei Saul: “Eu me recordei do que fez Amaleque a Israel, como se lhe opôs no caminho, quando subia do Egito. Vai, pois, agora e fere Amaleque, e destrói totalmente a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até a mulher, desde os meninos até aos de mama, desde os bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos” (I Sm.15:2-3). Os inocentes, que nem lembravam de Amaleque, pois não havia imprensa, nem jornais, nem livros, eram malditos de Jeová, a árvore má.
  3. Jeová é árvore má porque dá a comer aos pecadores desobedientes fezes: “Porque na mão de Jeová há um cálice, cujo vinho ferve, cheio de mistura, e dá a beber dele; certamente todos os ímpios da terra sorverão e beberão as suas fezes” (Sl.75:8). Jeová deu desse cálice ao seu povo em Jerusalém: “Desperta, desperta, levanta-te, ó Jerusalém, que bebeste da mão de Jeová o cálice do seu furor; bebeste e sorveste as fezes do cálice da vacilação” (Is.51:17). O Deus e Pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, é árvore boa, porque deu a beber o sangue de Jesus Cristo seu Filho, e deu a comer a carne dEste, que dá vida eterna aos pecadores que creem(Jo.6:53-54).
  4. O Salmo diz: “Sabei que o Jeová é Deus. Foi ele, e não nós, que nos fez povo seu e ovelhas do seu pasto” (Sl.100:3). “Porque ele é o nosso Deus, e nós povo do seu pasto e ovelhas da sua mão” (Sl.95:7). Pois Jeová entregava as ovelhinhas na boca do lobo. Entregou todo o seu rebanho na mão de Nabucodonosor. O texto sagrado diz: “Eu fiz a terra, o homem, e os animais que estão sobre a face da terra, pelo meu grande poder, e a dou àquele que me agrada em meus olhos. E agora eu entreguei todas estas terras na mão de Nabucodonosor, rei de Babilônia, meu servo; e ainda até os animais do campo lhe dei, para que o sirvam. E todas as nações da terra o servirão a ele, e a seu filho, e ao filho de seu filho. E acontecerá que, se alguma nação ou reino não servirem a Nabucodonosor, e não puserem o seu pescoço debaixo do jugo do rei de Babilônia, visitarei com espada, e com fome, e com peste essa nação, diz Jeová, até que a consuma pela minha mão” (Jr.27:5-8). Logo na frente, Jeremias aconselha Zedequias, rei de Judá, a se submeter ao jugo de Nabucodonosor, sob pena de ser destruído em caso de desobediência (Jr.27:12-13).

Nenhum destes frutos maus se colhe da árvore boa, que é Jesus, pois Jesus só cura, salva, ilumina, liberta, perdoa, exatamente como o Pai faz (Jo.10:25-32).

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta