ABIP

O que é a ABIP?

ABIP significa “Associação Bíblica Internacional de Pesquisa” e consiste num grupo de cristãos que estão mais comprometidos com Jesus Cristo do que com as igrejas e denominações religiosas em suas várias ramificações. Desta forma, assuntos que não podem ser discutidos nos templos e seminários, por causa da ortodoxia teológica, podem na ABIP, serem analisados sem restrições, através de diálogo aberto.

Essa associação foi fundada em 1997 pelo Pr. Olavo S. Pereira e tem suas reuniões regulares em sua sede, especialmente aos domingos pela manhã.

O intuito da ABIP

1. Estudar a Palavra de Deus de forma coerente, sem a preocupação de censuras prévias ou paradigmas teológicos (Jo.8:32).

2. Estudar o caráter de Cristo, de forma a poder aplicar seu exemplo para nossas próprias vidas (1 Pe.2:21).

3. Procurar conhecer melhor os mistérios do Reino de Deus (Mt.13:11).

4. Trazer à luz fatos encobertos ao cristianismo atual, tais como a diferença entre o Senhor dos Exércitos (El Shaday) do Velho Testamento e o Deus Pai do Novo Testamento; entre a Lei e a Graça; entre os mandamentos orientados por Jeová e os mandamentos ensinados por Jesus (Mt.10:26, Mc.4:22; Lc.12:2; 2 Co.4:3).

5. Permitir que os associados possam tirar conclusões próprias sobre cada tema abordado, ao invés de terem de aceitar passivamente a conclusão de outros (At.17:11; 1 Co.2:15).

Não é intuito da ABIP

1. Por em dúvida a autenticidade do texto original da Bíblia.

2. Por em dúvida a divindade de Deus e de seu Filho Jesus.

3. Criticar igrejas, líderes religiosos, denominações ou comunidades.

4. Colocar-se como detentora exclusiva da verdade.

5. Trazer polêmica e sensacionalismo no meio cristão.

No que Cremos

1. Cremos que Jesus é o Filho Unigênito de Deus (Jo.1:14; 1:18 e 3:16,17).

2. Cremos que Jesus se tornou Filho de Deus pela ação do Espírito Santo, na ressurreição (Rm.1:3,4 e At.13:32,33).

3. Cremos que Jesus Cristo, embora sendo Filho de Deus, tambem é Deus (Rm.9:5; 2 Ts.2:16; Tt.2:13; 2 Pe.1:1; 1 Jo.5:20 e Jd.4).

4. Cremos que Deus, o Pai é amor (1 Jo.4:7,8): Jesus Cristo, seu Filho tambem é amor (Jo.15:13 e 13:34); o Espírito Santo tambem é amor (Rm.5:5; 15:30; 2 Tm.1:7; Ef.3:14-21). A ira, a violência, a mentira, a soberba, a mudança de comportamento ao longo do tempo, a inveja, o interesse pelas coisas terrenas, a discriminação de pessoas e de raças, a falsidade e a falta de longanimidade não fazem parte da natureza do Deus verdadeiro.

5. Cremos que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um em essência, embora sendo personalidades distintas.

6. Todos os homens estão originalmente condenados (Rm.3:23; 3:10 e 5:12).

7. Cristo se fez carne e veio ao mundo para salvar os pecadores da condenação (1 Tm.1:15; Gl.1:4; 1 Co.1:15 e Hb. 2:3).

8. Jesus é o único Salvador e fora dele não há salvação (At.4:12).

9. Cremos que para sermos salvos devemos crer em Cristo e sermos batizados conscientemente (Mc.16:15,16; Rm.6:3-6).

10. Cremos que o Espírito Santo do Pai opera uma transformação milagrosa naqueles que se submetem a Ele, fazendo com que verdadeiramente sejam novas criaturas (Jo.3:3-6; 1 Co.6:10,11; 2 Co.5:17; Ef.4:22-24; Cl.3:1-10).

11. Cremos que quem permanece na carne nunca nasceu de novo e não conhece a Jesus Cristo (Rm.8:5-9; 8:13; Gl.5:19-24; 1 Jo.3:5,6).

12. Cremos que os que forem realmente salvos serão transportados da Terra para o Reino celestial de Cristo (Jo.14:1-3; Cl.1:12,13; 1 Pe.1:3-5; 2 Tm.4:18; Mt.25:31-34; Fp.3:20,21; 2 Co.5:1,2; Hb.11:13-16).

Somos da opinião que quem ama não acusa, não condena e não difama.

Somos da opinião que o Pai, o Filho, e o Espírito Santo são um.

Leave a comment

Deixe uma resposta