(654) – OPERAÇÃO DA MENTIRA 1

1)    Se o Reino de Deus só chegou com Jesus, como Jeová implantou o Reino de Deus antes da chegada do Reino de Deus? “E vós me sereis reino sacerdotal e povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel” (Ex.19:6). “Eu sou Jeová, vosso Santo, o criador de Israel, vosso Rei” (Is.43:15). Como pôde Jeová implantar o Reino de Deus antes de Jesus? “Desde então, começou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos Céus” (Mt.4:17). Se o Reino de Deus só chegou com Jesus, como pôde Jeová implantar o Reino de Deus mil anos antes de Jesus?

2)    Se o Reino de Deus é de amor, como Jeová reinava com ira? “Vivo eu, diz o senhor Jeová, que, com mão forte, e com braço estendido, e com indignação derramada, hei de reinar sobre vós” (Ez.20:33).

3)    A salvação vem pela fé sem as obras => “Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, sem as obras da lei” (Rm.3:28). “Que diremos, pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça? Sim, mas a justiça que é pela fé” (Rm.9:30). “Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé de Cristo, e não pelas obras da lei, porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada” (Gl.2:16). 

A salvação vem pela fé sem as obras por que Deus afirmou que pelas obras se recebe a vida => “A obra do justo conduz à vida, as produções do ímpio, ao pecado. O caminho para a vida é daquele que guarda a correção, mas o que abandona a repreensão erra” (Pv.10:16-17). “Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; os quais, fazendo-os o homem, viverá por eles. Eu sou Jeová” (Lv.18:5).

4)    Se Deus é bom => “E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom mestre, que bem farei, para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom, senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos” (Mt.19:16-17). “Toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança, nem sombra de variação” (Tg.1:17)… 

Se Deus é bom, sua graça é para todos => “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens” (Tt.2:11).“Porque para isto trabalhamos e lutamos, pois esperamos no Deus vivo, que é o salvador de todos os homens, principalmente dos fiéis” (I Tm.4:10). Como, antes do bem, do amor e da graça, Deus era autor do mal? “Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, Jeová, faço todas essas coisas” (Is.45:7). “Cairá a ave no laço em terra, se não houver laço para ela? Levantar-se-á o laço da terra, sem que tenha apanhado alguma coisa? Tocar-se-á a buzina na cidade, e o povo não estremecerá? Sucederá qualquer mal à cidade, e Jeová não o terá feito?” (Am.3:5-6). “Ora pois, fala agora aos homens de Judá, e aos moradores de Jerusalém, dizendo: Assim diz Jeová: Eis que estou forjando mal contra vós, e projeto um plano contra vós, convertei-vos, pois, agora, cada um do seu mau caminho, e melhorai os vossos caminhos e as vossas ações” (Jr.18:11). “Porque pus o rosto contra esta cidade para mal, e não para bem, diz Jeová; na mão do rei da Babilônia se entregará, e ele a queimará a fogo” (Jr.21:10). “Eis que velarei sobre eles para mal, e não para bem; e serão consumidos todos os homens de Judá, que estão não terra do Egito, à espada e à fome, até que se acabem de todo” (Jr.44:27). “Por isso, Jeová vigiou sobre o mal, e o trouxe sobre nós; porque justo é o Jeová, nosso Deus, em todas as suas obras, que fez, pois não obedecemos à sua voz” (Dn.9:14).

5)    Se Deus é Pai das misericórdias => “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação” (2 Co.1:3)… 

Se Deus é Pai das misericórdias e essa misericórdia foi revelada na cruz => “Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação” (2 Co.5:19). “E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Aquele que se manifestou em carne, foi justificado em espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, e recebido acima na glória” (1 Tm.3:16)… Se Deus é Pai das misericórdias e essa misericórdia foi revelada na cruz como antes de Jesus, Jeová não tinha misericórdia dos filhos?  “E fá-los-ei em pedaços uns contra os outros, e juntamente os pais com os filhos, diz Jeová; não perdoarei nem pouparei, nem terei deles compaixão, para que os não destrua” (Jr.13:14). “Portanto, tão certo como eu vivo, diz o Senhor Jeová, pois que profanaste o meu santuário com todas as tuas coisas detestáveis, e com todas as tuas abominações, também eu te diminuirei, e o meu olho não te perdoará, nem também terei piedade” (Ez.5:11). “Pelo que também eu procederei com furor; o meu olho não poupará, nem terei piedade; ainda que me gritem aos ouvidos com grande voz, eu não os ouvirei” (Ez.8:18).

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta