(644) – O TODO PODEROSO 2

1)   “É ele que perdoa todas as tuas iniquidades, e sara todas as tuas enfermidades” (Sl.103:3). “E aconteça que, ouvindo as palavras desta maldição, se abençoe no seu coração, dizendo: Terei paz, ainda que ande conforme o bom parecer do meu coração; para acrescentar à sede a bebedice. Jeová não lhe quererá perdoar; mas, então, fumegará a ira de Jeová e o zelo sobre o tal homem, e toda maldição escrita neste livro jazerá sobre ele, e Jeová apagará o seu nome de debaixo do céu. E Jeová separará, para mal, de todas as tribos de Israel, conforme todas as maldições do concerto escrito neste livro da lei” (Dt.29:19-21).

Então Jeová não cura todas as enfermidades e não cumpre as suas promessas: “Se um homem for cego, sendo sacerdote, não poderá ministrar no santuário de Jeová. Também, se for coxo, não poderá ministrar. Também se tiver nariz chato, não poderá ministrar. Também, se tiver membros demasiadamente compridos, não poderá ministrar. Também se o homem tiver o pé quebrado, ou a mão quebrada, está proibido de ministrar no santuário de Jeová. Também se for corcovado, ou anão, falta neles há. Também se tiver belida no olho, ou sarna, ou impigens, falta neles há. Também, se tiver testículo quebrado, não poderá entrar no santuário de Jeová para ministrar. Falta nele há. Nenhum homem da semente de Arão, o sacerdote, em quem houver alguma deformidade, se chegará para oferecer as ofertas queimadas a Jeová; falta neles há, não se chegará para oferecer o pão do seu Deus. O pão do seu Deus, das santidades de santidades e das coisas santas, poderá comer” (Lv.21:18-22).

E estes sacerdotes em quem havia faltas, ficavam confinados, vivendo inutilmente. Portanto fica provado que Jeová não cura todas as enfermidades. Então ele mentiu: “É ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfermidades” (Sl.103:3). Se ele não sara todas as enfermidades, não é o Todo Poderoso. Jesus Cristo é diferente: “E Jesus, entrando na casa de Pedro, viu a sogra deste jazendo em febre. E tocou-lhe a mão, e a febre a deixou; e levantou-se e serviu-os. E, chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos demoninhados, e ele, com a sua palavra, expulsou deles os espíritos e curou todos os que estavam enfermos” (Mt.8:14-16).

Jesus, em verdade, é o Todo Poderoso“Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele” (At.10:38).

2)   “O quebrado de quebradura ou castrado, não entrará na congregação de Jeová” (Dt.23:1). Que é o castrado? É o homem ou animal cujos testículos foram cortados; estes, estão fora do reino de Jeová. Quem são os castrados de hoje? São os que fazem vasectomia para poderem praticar o sexo sem gerar filhos, tornando o sexo livre. Sobre os castrados, Jesus disse que um homem divorciando-se legalmente de sua mulher, e, casando-se com outra mulher, comete adultério contra a mulher que ele repudiou. E se a mulher repudiada casar com outro homem, comete adultério contra o antigo marido.

Isto quer dizer, que o divórcio acontece na terra, mas no céu, continuam casados, porque Jesus disse: “Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não separe o Homem” (Mt.19:6). “Então, os discípulos disseram: Por que Moisés mandou dar-lhe carta de divórcio e repudiá-la? Jesus disse: Nem todos podem receber esta palavra, mas só aqueles a quem foi concedido. Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos por causa do Reino dos céus. Quem pode receber isso, que o receba” (Mt.19:11-12).

Conclusão:

No Velho Testamento os castrados estavam fora do Reino de Jeová.

No Novo Testamento, o cristão, para entrar no Reino de Deus, tem que se castrar no coração.

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta