(506) – ÁRVORE MÁ – V

ÁRVORE   MÁ   5

Jeová é árvore má porque é o criador do mal, pois declarou: “Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, Jeová, faço todas essas coisas” (Is.45:7). Como é que Jeová cria o mal? Expliquemos: José fez uma obra tão grande beneficiando o Egito, que este povo se uniu aos hebreus como irmãos. Jeová, entretanto, tinha um plano de usar o Egito e Israel para se promover diante das nações como deus. E o plano foi o seguinte: “Então Israel entrou no Egito, e Jacó peregrinou na terra de Cão. E ele multiplicou sobremodo o seu povo, e o fez mais poderoso do que os seus inimigos. Mudou o coração deles para que aborrecessem o seu povo, para que tratassem astutamente aos seus servos. Enviou Moisés, seu servo, e Arão, a quem escolhera. Fizeram entre eles os seus sinais e prodígios, na terra de Cão” (Sl.105:23-27 – maiúsculo nosso). Ao mudar o coração dos egípcios para que escravizassem a Israel Jeová criou um mal que não existia:

  • Jeová mesmo declara: “Tocar-se-á a buzina na cidade e o povo não estremecerá? Sucederá qualquer mal à cidade e Jeová não o terá feito?” (Am.3:6).
  • Jeová é deus só de Israel, e não dos gentios (os gentios são outras raças). Os egípcios eram uma raça gentílica. Jeová os considerava inimigos. Jeová protegia Israel e mandava pragas contra o Egito. Jeová anuncia a morte dos primogênitos do Egito, desde os homens até os animais. Esta foi a última praga. Acerca do povo hebreu, Jeová diz: “Mas contra todos os filhos de Israel nem ainda um cão moverá a sua língua, desde os homens até aos animais, para que saibais que Jeová fez diferença entre os egípcios e os israelitas” (Ex.11:5-7). Ora, fazer acepção de pessoas é um mal; é mal de discriminação racial; e isso é crime. E Jeová declara: “Jeová é rei eterno; da sua terra serão desarraigados os gentios” (Sl.10:16). O Deus verdadeiro, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, é Deus de todos. Paulo apóstolo diz: “É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente” (Rm.3:29).Jeová é árvore má, e o Pai de Jesus é árvore boa.
  • Os povos que habitavam a terra de Canaã eram contaminados. Eles sacrificavam seus filhos, queimando-os vivos na boca de Moloque, abominação dos filhos de Amom. Um varão se deitava com outro como se fosse mulher. Outros se deitavam com animais; as mulheres se punham também diante de animais, para juntarem-se com eles. Jeová declara que iria visitar os cananeus e expulsá-los da terra (Lv.18:21-26). Quando Israel entrou na terra prometida, Jeová lhes disse: Vocês não guardaram o meu concerto, também eu não expelirei mais os moradores da terra, e os seus deuses vos serão por laço (Jz.2:1-3). E habitando Israel no meio dos cananeus corruptos, tomaram suas filhas para seus filhos por mulheres, e serviram aos seus deuses; e os filhos de Israel se contaminaram, e Jeová os entregou na mão de Cusã-Rizataim por oito anos (Jz.3:1-8).

Não expulsando os cananeus da terra da promessa, Jeová provocou sete males:

  1. Faltou com a palavra empenhada (Ex.33:2; 34:24).
  2. Aprovou a prática da sodomia e da bestialidade em Israel, que proibira (Lv.18:22-25).
  3. Corrompeu seu povo Israel (Jz.3:1-7).
  4. Não era seu projeto a santificação de Israel (Is.63:17; Jó22:2-3).
  5.  Tornou imundo o lugar da sua eterna habitação. Jeová mesmo declarou: “Tu os introduzirás, e os plantarás no monte da tua herança, no lugar que tu, ó Jeová, aparelhaste para tua habitação, no santuário, ó Jeová, que as tuas mãos estabeleceram. Jeová reinará eterna e perpetuamente” (Ex.15:17-18). “Por que saltais ó montes elevados? Este é o monte que Jeová deus desejou para a sua habitação, e Jeová habitará nele eternamente?” (Sl.68:16).
  6. Criou um cativeiro corruptor para o seu povo Israel (Jz.3:1-8).
  7. Jeová contaminou o seu próprio trono aqui na terra (Jr.3:17).

Estes sete males não existiriam se Jeová tivesse cumprido a sua palavra, extirpando os sodomitas, isto é, os cananeus, da terra prometida. Mas ele é árvore má. Só pode dar frutos maus. A árvore boa, Jesus, só produz homens feitos na luz (Mt.5:14-16). Jesus, a videira verdadeira, só produz os verdadeiros filhos de Deus, inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandecem como astros no mundo (Fp.2:15).

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta