(622) – CARNE x ESPÍRITO 2

“Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna” (Gl.6:8).

O que é semear na carne? “E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Com leite vos criei, e não com manjar, porque ainda não podíeis, nem tão pouco ainda agora podeis; porque ainda sois carnais, pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?” (1 Co.3:1-3). “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus” (Gl.5:16-21). “Em que, noutro tempo, andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência; entre os quais todos nós também, antes, andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também” (Ef.2:2-3). 

Como dissemos no folheto ‘Carne x Espírito no1’, devemos abster-nos das concupiscências carnais que combatem contra a alma até matá-la (1 Pd.2:11). “Mas cada um é tentado quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte” (Tg.1:14-15). Paulo nos revela a natureza maligna da carne: “Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito, para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus” (Rm.8:5-8).

A carne não se converte, e a carne é o campo de semeadura de Satanás. Só há um jeito de ficarmos livres da carne: colocá-la na cruz. “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências” (Gl.5:24). Se você não crucificar a carne, você não é de Cristo, mas de Jeová, porque Jeová é o deus de toda carne: “Eis que eu sou Jeová, o Deus de toda a carne. Acaso seria qualquer coisa maravilhosa demais para mim?” (Jr.32:27). E Jeová é aliado de Satanás, e ele entrega o que está na carne nas mãos de Satanás, como fez com Jó: “E disse Jeová a Satanás: Eis que tudo quanto tem está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença de Jeová” (Jó.1:12). A primeira coisa que Satanás fez, foi matar os 7 filhos de Jó e suas 3 filhas (Jó.1:13-20).

Só há uma saída para tanta desgraça: é entregar-se a Jesus Cristo, o Senhor dos Senhores.

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta