(721) – A LUZ DO MUNDO 3

 

“Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas, no velador, e dá luz a todos os que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus” (Mt.5:14-16).

O que é a luz? São as boas obras, porque Jesus disse: “Vós sois a luz do mundo”, “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras”.

As boas obras formam a luz e as más obras formam as trevas: “Nem ainda as trevas me escondem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa” (Sl.139:12). Isto é, para Iahweh, o mal e o bem são a mesma coisa.

Para Jesus, a luz e as trevas não são a mesma coisa: “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, afim de que suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus” (Jo.3:19-21).

Às vezes, um cristão está na igreja, cantando no coral, mas está em trevas, porque cantando com a boca, parece que está na luz, mas o seu coração está cobiçando uma moça, e vice-versa. Um pastor de uma igreja pediu que fizessem uma vigília de oração porque ele estava sendo tentado. E a vigília foi feita, e no dia seguinte à vigília, o pastor fugiu com uma moça, abandonando mulher e filhos.

“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz. Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!” (Mt.6:21-23). “Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti, pois é melhor que se perca um dos teus membros do que todo o teu corpo seja lançado no inferno” (Mt.5:27-29).

O povo de Israel andava em trevas, isto é, cometiam todo tipo de torpeza. Por que? Porque Iahweh vive em trevas. Quando Saul morreu, Iahweh deu as mulheres de Saul para Davi: “e te dei a casa de teu senhor, e as mulheres de teu senhor em teu seio” (2 Sm.12:8).

Quando um hebreu desobedecia a Iahweh, ele se casava com uma mulher, mas outro a possuía: “Desposar-te-ás com uma mulher, porém outro homem dormirá com ela” (Dt.28:30). Isso é, andar em trevas: “Portanto darei suas mulheres a outros, e as suas herdades a quem as possua; porque desde o menor até ao maior cada um deles se dá à avareza; desde o profeta até o sacerdote, cada um deles usa de falsidade” (Jr.8:10). “Portanto assim diz Iahweh: Tua mulher se prostituirá na cidade, e teus filhos e tuas filhas cairão à espada, e tua terra será repartida a cordel, e tu morrerás na terra imunda e Israel certamente será levado cativa para fora da sua terra” (Am.7:17).

“Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida” (Jo.8:12).

Autoria: Pr. Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta