(505) – ÁRVORE MÁ – IV

ÁRVORE   MÁ   4

Jesus Cristo é árvore boa, pois diz a Escritura: “Como Deus ungiu a Jesus Cristo com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo o bem” (At.10:38). Em outra passagem Jesus diz: “Toda vara em mim que não dá bom fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto” (Jo.15:2).

As varas da videira, que é Jesus, são os cristãos fiéis e verdadeiros, e que dão bons frutos. Se a vara está em Cristo, isto é, na videira, e não dá fruto, Jesus tira fora (Jo.15:2). A vara que dá mau fruto não faz parte do seu corpo. João diz: “Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca, não o viu e nem o conheceu” (I Jo.3:6). Existem duas videiras. A do Velho Testamento e a do Novo Testamento. A do Velho Testamento é a de Jeová (Is.5:1). A do Novo Testamento é a do Pai, pois Jesus diz: “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador” (Jo.15:1). Se Jesus é a verdadeira, que dá bons frutos, a de Jeová é a falsa, pois ele mesmo confessa, dizendo: “Que mais se podia fazer à minha videira que eu lhe não tenha feito? E como, esperando eu que desse uvas, veio a dar uvas bravas? Agora pois vos farei saber o que hei de fazer à minha videira: tirarei a sua sebe, para que sirva de pasto; derribarei a sua parede, para que seja pisada; e a tornarei em deserto; não será podada nem cavada, mas crescerão nela sarças e espinheiros; e às nuvens darei ordem que não derramem chuva sobre ela; porque a vinha do Senhor dos Exércitos é a casa de Israel, e a casa de Judá são a planta de minhas delícias” (Is.5:4-7). No verso quatro, Jeová diz: “E como, esperando eu que desse uvas, veio a dar uvas bravas?” Um dos nomes de Jeová é El Shaday (TODO PODEROSO). O Todo poderoso não teve poder para fazer com que sua videira, a planta de suas delícias, desse uvas boas? A Escritura Sagrada diz: “Tudo o que Jeová quis, ele o fez, nos céus e na terra, nos mares e em todos os abismos” (Sl.135:6 – maiúsculo nosso). Este texto do Velho Testamento não é verdadeiro, pois Jeová não teve poder para fazer que a sua videira desse frutos bons. Poder para reter as nuvens e a chuva ele teve, poder para arrancar a sebe e derrubar a parede para que fosse pisada, ele teve; mas poder para que desse bons frutos ele não teve. Poder para entregar todas as nações na mão de Nabucodonosor, Jeová, o Todo poderoso, teve (Jr.27:5-8). Inclusive o reino de Judá(Jr.27:12-13). Poder para destruir os dois reinos, o do norte e o do sul, Jeová, o Todo poderoso teve; mas poder para salvá-las da prática do pecado ele não teve.

Após destruir Israel, o reino do norte, Jeová disse: “Também a Judá hei de tirar de diante da minha face, como tirei a Israel, e rejeitarei esta cidade de Jerusalém que elegi, como também a casa de que disse: Estará ali o meu nome” (II Rs.23:27). E logo depois que os caldeus levaram Judá para o cativeiro, o Todo poderoso Jeová declarou: “Deus (Jeová) enviou contra ele as tropas dos caldeus, e as tropas dos siros, e as tropas dos moabitas e as tropas dos filhos de Amom; e as enviou contra Judá, para destruir, conforme a palavra de Jeová, que falara pelo ministério de seus servos, os profetas. E, na verdade, conforme o mandado de Jeová, assim sucedeu a Judá, que a tirou de diante da sua face, por causa dos pecados de Manassés” (II Rs.24:2-3). Que poder tem o Todo poderoso Jeová. Ele manobra todas as nações da terra, e as trouxe contra Judá para destruí-lo; mas não tem poder para fazer da sua videira, planta de suas delícias, dar bom fruto (Is.5:1-4). O grande apóstolo Paulo diz que Jeová é o oleiro que forma os vasos. Leiamos: “Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para perdição, para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou” (Rm.9:21-23). Ora, se é Jeová que fabrica vasos maus, preparados para a ira, ele mesmo criou Israel mau. Ele diz de Israel:“Nem tu as ouviste, nem tu as conheceste, nem tampouco desde então foi aberto o teu ouvido, porque eu sabia que obrarias muito perfidamente, e que era prevaricador desde o ventre” (Is.48:8). E em outro lugar: “Pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Nesse caso vós também podereis fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal” (Jr.13:23).Quarenta anos andando com seu povo Israel e não os ensinou a fazer o bem?

Jesus só ficou três anos ensinando, e, de doze apóstolos um só se perdeu.

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta