(403) – JEOVÁ É JESUS ?

JEOVÁ É JESUS ?

Imaginem! Os doutores em Bíblia destes últimos dias, chegaram à conclusão que Jesus e Jeová são a mesma pessoa. E acharam nas Sagradas Escrituras comparações verbais para fundamentarem sua grande descoberta:

  • No Velho Testamento está escrito que Jeová é o primeiro e o último; no Apocalipse está também escrito o mesmo de Jesus, logo Jesus e Jeová são a mesma pessoa.
  • Jeová é o rei da glória e Jesus é o Senhor da glória, logo são a mesma pessoa.

Esta segunda comparação peca num ponto: Jesus, nascido em carne, só recebeu glória no batismo, como diz Pedro: “Porquanto ele recebeu de Deus Pai honra e glória, quando da magnífica glória lhe foi dirigida a seguinte voz: Este é meu filho amado, em quem me tenho comprazido” (II Pd. 1:17).

  • Jeová estabeleceu na lei a guarda do sábado (Ex. 20:8-11). Jesus afirmou que era o Senhor do sábado (Mt. 12:8).

Esta comparação tem dois tropeços:

I. O sábado de Jeová era figura de Canaã, a terra do descanso e do repouso. A prova disso é que os murmuradores foram condenados a morrer no deserto, e não puderam entrar no repouso (Hb. 3:17-19).

II. O sábado está na lei, e se Jesus é Jeová então foi Jesus que deu a lei, mas a lei é contra Cristo e a graça. Quem guarda a lei perde a Cristo e cai da graça (Gl. 5:1-4).

  • Na quarta comparação verbal, diz Jeová a Moisés: Eu sou o que sou (Ex. 3:14). E Jesus diz: Antes de Abraão existir, eu sou (Jo. 8:58). Esta comparação verbal está errada, pois Jeová disse: EU SEREI O QUE SEREI. Não está escrito EU SOU no hebraico.
  • A quinta comparação verbal: Jeová justiça nossa (Jr. 23:6). Paulo diz: Por Deus, Jesus foi feito para nós SABEDORIA, JUSTIÇA, SANTIFICAÇÃO E REDENÇÃO (I Co. 1:30).

Porque os doutores não usaram um texto mais expressivo? Por exemplo: “Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê” (Rm. 10:4). Se citassem este texto criariam um grande problema teológico. Jeová deu a lei no Sinai, e a justiça da lei não leva a Deus (Rm. 9:30-33). A justiça de Cristo, na cruz, crucificou a lei (Cl. 2:14-15). Como a justiça da lei não leva a Deus, o Pai, Jesus teria dois pesos e duas medidas se fosse o autor da lei e da graça.

Vamos declarar algumas incompatibilidades entre o Velho Testamento de Jeová, ou velho concerto, e o Novo Testamento de Jesus, ou novo concerto. Jesus declarou na ceia: “E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; porque isto é o meu sangue, o sangue do Novo Testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados” (Mt. 26:27-28). A impressão que dá é que os dois testamentos estão unidos, mas Paulo declara que não em II Co. 3:6-9. O verso seis revele que os cristãos são ministros do Novo Testamento, que não é o da letra, mas do Espírito, porque a letra mata, mas o Espírito vivifica. O verso sete diz que o Velho Testamento, o ministério da morte, o das tábuas da lei de Jeová, veio em glória, porque a glória de Jeová era matar (Ex. 14:4, 17-18, 30; 15:3-6). O verso nove esclarece que o Velho Testamento é o ministério da condenação, porque no tempo de Jeová, não havia salvação. Pedro diz que nenhum nome há, debaixo do céu, que salve os homens, só Jesus (At. 4:12). O Velho Testamento só atrapalha!

Vamos a alguns pontos que deixam claro que Jesus não é Jeová:

1. Jeová decretou o divórcio (Dt. 24:1-4) — Jesus o proibiu (Mt. 19:3-9).

2. Jeová aprova a cobiça carnal e impura (Dt. 21:10-14) — Jesus condena (Mt. 5:27-30).

3. Jeová se ocultava nas trevas (Ex. 20:21; Sl. 18:11) — Jesus é luz manifesta (Jo. 1:9; 8:12).

4. Jeová punha trevas no caminho dos santos (Jó 19:7-8; Lm. 3:1-2) — Jesus liberta (Jo. 12:46; I Pd. 2:9).

5. Jeová destrói e mata os ímpios (Gn. 6:5-7; Sl. 11:5-6) — Jesus salva os ímpios (I Tm. 1:15).

6. Jeová ordenou as maldições (Pv. 3:33; Dt. 28:15-68) — Jesus resgata (Gl. 3:13).

7. Jeová destrói justos e injustos juntos (Ez.21:2-4) — Jesus salva todos os que crêem (At. 16:30-31).

8. Jeová tem ligações com este mundo (Ec. 3:11) — Jesus não é deste mundo (Jo. 8:23; 7:7).

9. Jeová deu herança na terra (Ex. 32:13) — Jesus a dá no céu (Jo. 14:1-3; I Pd. 1:3-4).

10. Jeová recebia glória dos homens (Is. 43:7; Jr. 13:11) — Jesus não recebe (Jo. 5:41).

11. Jeová atirava setas venenosas (Jó 6:4) — Jesus cura o veneno (Mc. 16:17-18; Ef. 6:16).

12. Jeová reinava sobre mortos nos pecados (Ex. 19:6) — Jesus reina sobre vivos (Ef. 2:5-6; Rm. 5:17).

13. Jeová era cabeça dos reinos deste mundo (Sl. 22:28; 96:10) — Jesus é cabeça só da Igreja (Cl. 1:18).

14. Jeová mandava apedrejar as adúlteras (Lv. 20:10) — Jesus as salva também (Jo. 8:1-11).

15. Jeová entrega os fiéis na mão de Satanás (Jó 1:6-12) — Jesus não entrega (Lc. 22:31-32).

16. Jeová matava os que não se convertiam (Sl. 7:11-13) — Jesus não julga e nem acusa (Jo.1 2:47; 5:45).

17. Quem visse a face de Jeová morria (Ex. 33:18-20) — Quem vê Jesus tem a vida eterna (Jo. 6:40).

18. Jeová matava criancinhas do seu povo (Dt. 32:22-25) — Jesus as salva (Mc. 10:13-14).

19. Jeová entrega seu povo para pecar (Sl. 81:11-12) — Jesus morre pelos pecadores (I Jo. 2:1-2; Gl. 1:4).

20. Jeová vendeu seu povo aos perversos (Sl. 44:11-12) — Jesus compra (I Co. 6:19-20; I Pd. 1:18-19).

21. Jeová reinava pela violência (Ez. 20:33) — Jesus reina pelo amor (Cl. 1:12-13).

22. Jeová entregava na mão dos maus (Ez. 30:12) — Jesus salva os maus (Lc. 23:39-43).

23. Jeová dava a beber água de fel (Jr. 9:15; 23:15) — Jesus dá a beber o seu sangue (Jo. 6:54).

24. Jeová serve aos pecadores um cálice de fezes (Is. 51:17) — Jesus dá a sua carne (Jo. 6:51).

25. Jeová se deleitava em matar e destruir (Dt. 28:63) — Jesus sentia gozo em morrer na cruz para salvar a todos (Hb. 12:2).

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

4 thoughts on “(403) – JEOVÁ É JESUS ?

  1. Boa tarde! Tenho visto o site, e gostei de muita coisa, porém algumas coisas necessitam de uma melhor explicação!
    1°- Se Jeová não é o Deus-Pai de Jesus, então aonde o Pai de Jesus está enquanto Jeová faz as coisas no VT? Quem é o Deus verdadeiro então no VT?
    2° – Eu acho que o Deus o VT foi se revelando gradualmente, até para que as profecias de Jesus e outras se cumprissem, entendo que as guerras e outras mortes que nós achamos que foi maldade de um deus covarde, foi um ato necessário no momento. Se o Deus do VT fosse todo bonzinho, talvez o povo nao o desse ouvidos. Nossa mente é limitada.

    3°-Em Mateus 10:34 Jesus disse: “Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada” Até mesmo Jesus é mais enérgico quando precisa, eram épocas diferentes, pessoas diferentes, idéias diferentes e logico que Deus vai se comunicar de uma forma que as pessoas vão entender.

    4 – Acredito que o Deus do VT e NT são o mesmo, apesar de atitudes diferentes. A bíblia é um livros escrito por mais de 60 pessoas diferentes através de 1600 anos, erros nos nomes podem ter dificultado a interpretação de algumas passagens dando a entender outra coisa.

    Paz de Cristo!

    • A paz do Senhor Jesus Ramon,

      1°- Simples irmão, a única interferência de Deus o Pai, foi Jesus Cristo, Jesus é tudo e tudo é Jesus:

      (Gálatas 4:4-8) Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,
      Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.
      E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.
      Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo.
      Mas, quando não conhecíeis a Deus, servíeis aos que por natureza não são deuses.

      (Efésios 1:3-14) Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;
      Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;
      E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,
      Para louvor da glória de sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado,
      Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça,
      Que ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência;
      Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo,
      De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra;
      Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade;
      Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós os que primeiro esperamos em Cristo;
      Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa;
      O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória.

      No velho testamento o Deus continuava sendo o Pai, porém ele não tinha como ser conhecido porque os homens não tinham o Espírito Santo de Deus que foi concedido após a ressurreição de Jesus Cristo:

      (1 Coríntios 2:7-16) Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória;
      A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória.
      Mas, como está escrito:As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram ao coração do homem,são as que Deus preparou para os que o amam.
      Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.
      Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.
      Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.
      As quais também falamos, não com palavras que a sabedoria humana ensina, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.
      Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
      Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.
      Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

      (João 7:37-39) E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.
      Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.
      E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.

      Aliás todo o velho testamento vai passar por um novo julgamento, que é Justo e até Sodoma e Gomorra vão ser novamente julgados de forma misericordiosa através de Jesus pelo Pai:

      (Mateus 11:20-26) Então começou ele a lançar em rosto às cidades onde se operou a maior parte dos seus prodígios o não se haverem arrependido, dizendo:
      Ai de ti, Corazim! ai de ti, Betsaida! porque, se em Tiro e em Sidom fossem feitos os prodígios que em vós se fizeram, há muito que se teriam arrependido, com saco e com cinza.
      Por isso eu vos digo que haverá menos rigor para Tiro e Sidom, no dia do juízo, do que para vós.
      E tu, Cafarnaum, que te ergues até ao céu, serás abatida até ao inferno; porque, se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje.
      Eu vos digo, porém, que haverá menos rigor para os de Sodoma, no dia do juízo, do que para ti.
      Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.
      Sim, ó Pai, porque assim te aprouve.

      (Atos 17:30-31) Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam;
      Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.

      (Romanos 2:11-16) Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.
      Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados.
      Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados.
      Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei;
      Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os;
      No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.

      Todas as maldades de Jeová no velho testamento foram abolidas e nada do que ele fez terá validade, porque ele já foi desmascarado na cruz:

      (2 Coríntios 3:9-18) Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça.
      Porque também o que foi glorificado nesta parte não foi glorificado, por causa desta excelente glória.
      Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece.
      Tendo, pois, tal esperança, usamos de muita ousadia no falar.
      E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório.
      Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;
      E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles.
      Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.
      Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.
      Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

      (Colossenses 2:14-15) Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
      E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.

      Paulo ainda diz aos gentios de Éfeso que eles pela circuncisão e leis de Jeová estavam completamente separados e que esta cédula que era contra nós em suas ordenanças era a lei:

      (Efésios 2:12-20) Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo.
      Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.
      Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio,
      Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,
      E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades.
      E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto;
      Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito.
      Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus;
      Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;

      2° (a) – Sim você está certo em afirmar que o “deus” do velho testamento se revelou não só gradualmente mas totalmente, porém o Deus Pai de nosso Senhor Jesus Cristo foi revelado por Jesus e o único caminho para conhecer a Deus o Pai é Jesus Cristo e por mais ninguém por isso somos Cristãos:

      (João 14:6-7) Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
      Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto.

      (João 1:17-18) Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.
      Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.

      (João 6:45-49) Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim.
      Não que alguém visse ao Pai, a não ser aquele que é de Deus; este tem visto ao Pai.
      Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna.
      Eu sou o pão da vida.
      Vossos pais comeram o maná no deserto, e morreram.

      (João 6:31-35) Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Deu-lhes a comer o pão do céu.
      Disse-lhes, pois, Jesus: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu; mas meu Pai vos dá o verdadeiro pão do céu.
      Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.
      Disseram-lhe, pois: Senhor, dá-nos sempre desse pão.
      E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.

      O pai de nosso Senhor Jesus Cristo que o enviou não é o mesmo que aquele que deu o mana no deserto para o povo de Israel, porque não foi Moisés que deu o pão e sim Jeová, mas Jesus falou de forma figurada para que ele não fosse morto antes do tempo:

      (Êxodo 16:4) Então disse o Senhor a Moisés: Eis que vos farei chover pão dos céus, e o povo sairá, e colherá diariamente a porção para cada dia, para que eu o prove se anda em minha lei ou não.

      2º (b) – Deus não faz o que ele quer, por exemplo Deus não pode ir contra a sua natureza porque era necessário e não pode ser trevas porque era mais conveniente no momento, exatamente porque Deus é perfeito ele não muda:

      (2 Timóteo 2:11-13) Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos;
      Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;
      Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.

      (Tiago 1:16-17) Não erreis, meus amados irmãos.
      Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

      (1 João 4:7-11) Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
      Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.
      Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.
      Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.
      Amados, se Deus assim nos amou, também nòs devemos amar uns aos outros.

      Ora o amor de Deus é uma virtude assim como qualquer outra virtude, por exemplo a honestidade é uma virtude se eu abro uma exceção por conveniência e roubo isso significa que eu nunca tive essa virtude em mim, da mesma maneira o amor e o ódio, eles são antagônicos e não podem juntos e ao mesmo tempo fazer parte de nós, muito menos de Deus que é amor é perfeito e não muda. E é por isso que ele nos amou quando ainda éramos pecadores:

      (Mateus 5:43-48) Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.
      Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;
      Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
      Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?
      E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim?
      Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus

      Agora pelo amor do Pai nós somos salvos da ira de Jeová:

      (Romanos 5:5-11) E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.
      Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios.
      Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer.
      Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.
      Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.
      Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.
      E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação.

      3º – Jesus ao declarar em (Mateus 10:34) que ele veio trazer a espada, não fala de forma literal dizendo que ele veio trazer guerra para a terra, portanto vamos analisar a palavra de Deus:

      Jesus falava tudo por parábolas:

      (Mateus 13:34-35) Tudo isto disse Jesus, por parábolas à multidão, e nada lhes falava sem parábolas;
      Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta, que disse: Abrirei em parábolas a minha boca; Publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo.

      Portanto devemos ver na bíblia o que significa espada e o que significa terra para podermos discernir o que Jesus dizia:

      Terra = Coração do homem * Ler a parábola do semeador em (Mateus 13:3~23)

      A palavra de Deus é comparada a espada em:
      (Hebreus 4:12) Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

      Portanto o que Jesus quis dizer é que ele não veio trazer paz ao coração do homem que é corrompido mas sim a palavra de Deus que divide o homem e inicia uma guerra dentro dele:

      (Marcos 7:21-23) Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as fornicações, os homicídios,
      Os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura.
      Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem.

      (Romanos 7:15-25) Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.
      E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa.
      De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim.
      Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.
      Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.
      Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.
      Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.
      Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus;
      Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.
      Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?
      Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.

      (Gálatas 5:16-18) Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
      Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
      Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.

      Isto é, Jesus deu início a guerra entre o homem espiritual e o homem carnal, porque antes de Cristo nenhum homem espiritual havia sido manifesto no mundo:

      (2 Coríntios 5:16-17) Assim que daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo.
      Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

      (2 Coríntios 4:16-18) Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.
      Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;
      Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas

      E até mesmo quando Jesus se irou no templo era uma figura entre nós e as coisas que nós comercializamos no nosso corpo que deve ser templo do Espírito Santo:

      (João 2:13-22) E estava próxima a páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém.
      E achou no templo os que vendiam bois, e ovelhas, e pombos, e os cambiadores assentados.
      E tendo feito um azorrague de cordéis, lançou todos fora do templo, também os bois e ovelhas; e espalhou o dinheiro dos cambiadores, e derribou as mesas;
      E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda.
      E os seus discípulos lembraram-se do que está escrito: O zelo da tua casa me devorou.
      Responderam, pois, os judeus, e disseram-lhe: Que sinal nos mostras para fazeres isto?
      Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
      Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?
      Mas ele falava do templo do seu corpo.
      Quando, pois, ressuscitou dentre os mortos, os seus discípulos lembraram-se de que lhes dissera isto; e creram na Escritura, e na palavra que Jesus tinha dito.

      (1 Coríntios 6:14-20) Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder.
      Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e os farei membros de uma meretriz? Não, por certo.
      Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.
      Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito.
      Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo.
      Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
      Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

      4º – Impossível que Que o Deus do velho testamento e do novo sejam o mesmo, pelo fato de Jesus ter dito que nós não deveríamos crer nele caso suas atitudes não fossem como as do seu Pai:

      (João 14:8-11) Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta.
      Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
      Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras.
      Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede-me, ao menos, por causa das mesmas obras.

      (João 5:19-20) Mas Jesus respondeu, e disse-lhes: Na verdade, na verdade vos digo que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer o Pai; porque tudo quanto ele faz, o Filho o faz igualmente.
      Porque o Pai ama o Filho, e mostra-lhe tudo o que faz; e ele lhe mostrará maiores obras do que estas, para que vos maravilheis.

      (João 10:30) Eu e o Pai somos um.

      (João 10:37-38) Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis.
      Mas, se as faço, e não credes em mim, crede nas obras; para que conheçais e acrediteis que o Pai está em mim e eu nele.

      (Mateus 7:17-18) Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
      Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons

      (Tiago 3:11-12) Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?
      Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

      (Amós 3:3) Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?

      Jesus nos diz que erramos por não conhecermos as escrituras portanto devemos cada dia mais buscar a verdade investigar e conhecê-la:

      (Lucas 11:27-28) E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste.
      Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e as observam.

      (João 8:32) E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

      (2 Coríntios 4:3-6) Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto.
      Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.
      Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus.
      Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo.

      Portanto irmão gostaria de convidá-lo a continuar estudando a palavra e visitando o nosso site para que a cada dia o seu entendimento possa estar mais esclarecido para a glória e honra de nosso Senhor Jesus Cristo e de Deus Pai.

      Atenciosamente,
      Pr. Abner Pereira Dancuart.

  2. O sábado está na lei, e se Jesus é Jeová então foi Jesus que deu a lei, mas a lei é contra Cristo e a graça. Quem guarda a lei perde a Cristo e cai da graça (Gl. 5:1-4).

    ¶ Se me amais, guardai os meus mandamentos. João 14:15

Deixe uma resposta