(616) – VÍTIMAS INOCENTES

O que é vítima inocente? Uma pessoa vai guiar um carro estando embriagada, atropela outra pessoa na estrada, e esta morre. É uma vítima inocente.

“Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, Jeová teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem” (Ex.20:5). Jeová faz o mal a quem não cometeu nenhum crime.

Jeová se contradiz, dizendo: “Os pais não morrerão pelos filhos nem os filhos pelos pais; cada qual morrerá pelo seu pecado” (Dt.24:16). Quando Jeová levou Israel para o cativeiro, ele obrigava as mães piedosas a devorarem os filhos recém nascidos. A mãe piedosa é uma vítima e o filho também, pois quem não tinha piedade era Jeová. O texto diz assim: “As mãos das mulheres piedosas coseram seus próprios filhos; serviram-lhe de alimento na destruição da filha do meu povo” (Lm.4:10).

O profeta Eliseu substituiu Elias quando este foi arrebatado. Ele subia para Betel quando uns rapazes pequenos zombavam dele, e dizendo: Sobe, calvo; sobe, calvo, e o furor de Jeová se apossou de Eliseu. E ele os amaldiçoou em nome de Jeová. Então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles pequenos (2 Rs.2:23-24).

Tal é o professor, assim é o aluno! Aqueles pequenos foram vítimas inocentes do furor de Jeová e do seu servo Eliseu.

Jeová incitou Davi a numerar Israel: “A ira do Senhor se tornou a acender contra Israel, e ele incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, numera a Israel e a Judá” (2 Sm.24:1). Qual era o pecado de Davi e do povo contra Jeová, para a ira dele se levantar contra Israel? Nenhuma. O reino estava em paz quando a ira de Jeová se tornou a levantar.

Jeová tinha acessos de ira. Joabe lembrou ao rei a promessa feita de multiplicar cento por um o exército de Israel para a peleja. Mil homens valiam por cem mil. Então, numerar o povo era pecar contra a promessa de Jeová, de maneira que Davi não pecou. Ele simplesmente obedeceu a ordem de Jeová. Porém Jeová considerou a obediência de Davi como pecado.

Mandou o profeta Gade a Davi dizendo: “Assim diz Jeová: Três coisas te ofereço. Escolhe uma delas, para que te faça: Queres que sete anos de fome te venham à tua terra; ou que por três meses fujas diante de teus inimigos, e eles te persigam; ou que por três dias haja peste na tua terra? Delibera agora, e vê que resposta hei de dar ao que me enviou. Então, disse Davi a Gade: Estou em grande angústia; porém caiamos nas mãos do Senhor, porque muitas são as suas misericórdias; mas nas mãos dos homens não caia eu. Então enviou Jeová a peste a Israel, desde pela manhã até o tempo determinado, e desde Dã até Berseba, morreram setenta mil homens do povo” (2 Sm.24:12-15). “Então Davi falou a Jeová: Eis que eu sou o que pequei, e eu o que iniquamente procedi, porém estas ovelhas, que fizeram? Seja, pois, a tua mão contra mim, e contra a casa de meu pai” (2 Sm.24:12). O que fizeram estas ovelhas? Estas são vítimas inocentes da ira incontida de Jeová. Na realidade quem pecou foi Jeová.

Foi ele quem incitou Davi a pecar. Davi era obediente até a morte, mas caiu no laço de Jeová. Vamos explicar melhor o laço que Davi caiu: Jeová prometeu na lei que Israel não temesse a guerra, pois um soldado de Israel valeria por cem do inimigo. Quando Jeová incitou a Davi para numerar o povo, pecou contra si mesmo.

 

Autoria: PASTOR OLAVO SILVEIRA PEREIRA

One thought on “(616) – VÍTIMAS INOCENTES

  1. Boa Noite Pastor Olavo e Família! A Paz de Jesus Cristo! Tenho visto as mensagens do seu site e hoje: “616 – VÍTIMAS INOCENTES”. Espetacular. Um forte abraço: Assunção, não mais em João Pessoa-PB, mas em Recife-PE, 09.04.2013.

Deixe uma resposta