(502) – ÁRVORE MÁ – I

ÁRVORE  MÁ  I

Sobre as árvores Jesus diz: “Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Assim toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons” (Mt.7:16-19). Jesus declara também que é uma árvore boa, e que dá somente frutos bons: “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda vara em mim, que não dá fruto, a tira, e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto” (Jo.15:1-2). Nesta parábola Jesus não trata de maus frutos. Ele afirma que é a árvore e que os cristãos são as varas. Se o cristão, não dando fruto, é cortado da videira, que será feito da que dá fruto mau? E, se o cristão está numa Igreja, e está dando maus frutos, ele pensa que está ligado a Cristo, mas está ligado a Satanás. João diz: “Quem comete o pecado é do diabo” (I Jo.3:8).

Mas queremos falar de uma outra árvore, que proclama que seu fruto é bom, mas só dá mau fruto. Que árvore é essa?

  1. Jeová é o deus que criou a serpente (Gn.3:1). E a serpente foi a causa da queda de Adão e Eva, pois trouxeram a morte a toda a raça humana, logo, Jeová é árvore má. Paulo diz que a morte veio de Adão (Gn.3:17-23; Rm.5:12). Jesus é árvore boa porque trouxe a vida para todos (Jo.10:10, 11:25-26).
  2. Outro fruto mau de Jeová foi reino de Israel. Jeová disse que criou Israel para sua glória(Is.43:7). Israel também é comparada a uma videira plantada por Jeová. Ele confessa que  esperava que a videira desse uvas boas, mas deu uvas bravas. Então ele vai botar fogo na videira e destruí-la (Is.5:1-7). Mas Jeová não é deus? E confessa que não sabia o que ia acontecer? Mas Jeová não é El Shaday (O Todo poderoso)? Teve poder para destruir a humanidade no dilúvio, e não teve poder para formar um povo santo?
  3. Outros frutos maus que Jeová produziu estão e Ex.4:11, quando ele disse a Moisés: “Quem fez a boca do homem? ou quem fez o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego? Não sou eu, Jeová?” Um médico deu o número de cegos que existem no mundo todo, hoje: Cento e oitenta mil pessoas que sofrem desse mal, vindo de Jeová. Só no Brasil existem uns vinte mil. E não existem mais porque a medicina cura os glaucomas que produzem cegueiras, cataratas congênitas. Jesus cura os cegos (Jo.9:1-5).

      4.      Salomão declara: “Jeová fez todas as coisas para os seus próprios fins, e até o ímpio para o dia do mal” (Pv.16:4). Ímpio quer dize “não bom”. Ímpio quer dizer mau, perverso, etc.. Que deus é este que é o criador dos ladrões, assassinos, corruptores, mentirosos, idólatras, lascivos, sodomitas, etc.? Ora, Jesus só faz o contrário, pois é árvore boa. A Escritura diz: “Não erreis; nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E é o que alguns têm sido, mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus Cristo, e pelo Espírito de nosso Deus” (I Co.6:10-11).

5.     Na lei de Jeová, lemos: “Desposar-te-ás com uma mulher, porém outro homem dormirá com ela” (Dt.28:30). O marido perverso comete o mal, e a mulher inocente é prostituída por ordem de Jeová? Não é só Moisés que registrou essa maldade da árvore de Jeová. Jeremias também registrou esse comportamento deletério de Jeová, por ocasião do cativeiro babilônico: “Portanto darei suas mulheres a outros, e as suas herdades a quem as possua; porque desde o menor até ao maior cada um deles se dá à avareza” (Jr.8:10). E o profeta Zacarias: “Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; a cidade será tomada, as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas” (Zc.14:2). As mulheres usavam véu, e não mostravam em público, mas Jeová forjava um assalto (Jr.18:11).

Não queremos dizer que Jeová só fazia o mal, pois ele faz também o bem, mas neste caso a árvore é má, pois produz frutos maus e bons. Só que os bons são raros (Gn.2:9).

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta