(741) – CRENDO NO INVISÍVEL

1)  O cristão não é deste mundo: “Mas, agora, vou para ti e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos. Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo” (Jo.17:13-14). Se o cristão está ajustado no mundo, diz a Bíblia: “Adúlteros e adúlteras, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo, constitui-se inimigo de Deus” (Tg.4:4). “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre” (1 Jo.2:15-17). Iahweh vai contra o Pai: “Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração deles, sem que o homem possa descobrir a obra que Iahweh fez desde o princípio até o fim” (Ec.3:11).

2)  O ouro e a prata: “Minha é a prata, e meu é o ouro, diz o Iahweh dos Exércitos” (Ag.2:8). Jesus é contra: “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam” (Mt.6:19). “Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça e nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam” (Mt.6:20). “O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram; e a vossa ferrugem dará testemunho contra vós, e comerá como fogo a vossa carne. Entesourastes para os últimos dias” (Tg.5:3).

3)  “Assim que se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Co.5:17). O que são as coisas velhas? O futebol, carrões, motos, novelas, moda, balada, vaidade, apartamento de luxo, etc. Tudo concupiscência. O Reino de Deus não é deste mundo.

4)  Os homens e as mulheres deste mundo, pecam; mas a nova criatura, não peca: “Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso sentido, e vos revistais do novo homem, que segundo Deus, é criado em verdadeira justiça e santidade” (Ef.4:22-24).

5)  Sabem o que é ver o invisível? Abraão viu o invisível: “Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se” (Jo.8:56). Sabem o que é o dia? É o dia da Ressurreição de Cristo! E Abraão o viu!? Jesus ressuscitou 2.000 anos depois que Abraão viu. Por isso, Abraão é o Pai da Fé. Ele creu na ressurreição de Cristo: “Pela fé, ofereceu Abraão a Isaque, quando foi provado, sim, aquele que recebera as promessas ofereceu o seu unigênito. Sendo lhe dito: Em Isaque será chamada a tua descendência, considerou que Deus era poderoso para até dos mortos o ressuscitar. E daí também, em figura, o recobrou” (Hb.11:17-19).

6)  “Pela fé, Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei. Pela fé, Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó. Escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus do que por, um pouco de tempo, ter o gozo do pecado; tendo por maiores riquezas, o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. Pela fé, deixou o Egito, não temendo a ira do Rei; porque ficou firme, como vendo o invisível” (Hb.11:23-27).

7)  “E, estando reunidos os fariseus, interrogou-os Jesus, dizendo: Que pensais vós do Cristo? De quem é filho? Eles disseram-lhe: De Davi. Disse-lhes ele: Como é, então, que Davi, em espírito, lhe chama Senhor, dizendo: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos, por escabelo de teus pés. Se Davi, pois, lhe chama Senhor, como é seu filho? E ninguém podia responder-lhe uma palavra, nem, desde aquele dia, ousou mais alguém interrogá-lo” (Mt.22:41-46). A explicação deste enigma está no Salmo 110, versículo 1: “Disse Iahweh ao meu Adonai: Assenta-te à minha direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés”. A tradução de Adonai é Senhor: Cristo é Adonai. Jesus é Senhor. Em Mateus 22, verso 44, está escrito: “Disse Iahweh, ao meu Adonai” (Jesus), portanto, Cristo, segundo a carne, é filho de Davi. Segundo o Espírito ele é filho de Deus Pai.

8)  Jó viu o invisível: “Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra” (Jó.19:25) “E depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus” (Jó.19:26)

Glória a Jesus e ao Pai

“Não atentando nós nas coisas que se vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas” (2 Co.4:18).

Autoria: Pr. Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta