(433) – O ANARQUISMO – I

ANARQUISMO  1

Que quer dizer ANARQUIA? Quer dizer SEM CHEFE, SEM GOVERNO, CORPO SEM CABEÇA. “Anarquia é ausência de autoridade legal. Onde há anarquia impera a lei do mais forte. Da anarquia surge a tirania e a opressão” (Dicionário de Filosofia de José Ferrater Mora).

“ANARQUISMO é a doutrina segundo a qual o indivíduo é a única realidade, e por isso deve ser absolutamente livre; toda coerção sobre ele é ilegítima, de onde deriva a ilegitimidade do estado. A justiça não pode ser imposta ao indivíduo, pois é uma faculdade do eu individual, que, sem sair do seu foro interior, sente a dignidade da pessoa do seu próximo como a sua própria, e portanto adequa-se à realidade coletiva” (Dicionário de Filosofia de Nicola Abbagnano).

O homem é um ser social que necessita ser guiado. O homem não pode guiar-se a si mesmo, pois sua natureza animal tende para a degeneração. A Bíblia, que é a palavra de Deus, diz: “Porque todos pecaram e destituídos foram da glória de Deus” (Rm. 3:23). E também está escrito: “Não há justo, neNHum sequer” (Rm. 3:10). E Salomão declara: “Visto como se não executa logo o juízo sobre a má obra, por isso o coração dos filhos dos homens está inteiramente inclinado para praticar o mal” (Ec. 8:11).

Jeová Elohim plantou um jardim no Édem, da banda do oriente; e pôs ali o homem que tinha formado(Gn. 2:8). E o colocou lá para o lavrar e o guardar (Gn. 2:15). O Jardim pertencia a Jeová Elohim, e tinha demarcações (Gn.2:10~14). E plantou Jeová Elohim além de todo tipo de árvore, mais duas: a árvore da vida, e a árvore da ciência do bem e do mal, no meio do Jardim (Gn. 2:9). E deu uma ordem a Adão, dizendo: “De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; pois no dia em que dela comeres certamente morrerás” (Gn. 2:16-17).

Adão e Eva eram completamente inocentes, como crianças, pois não conheciam nem o bem e nem o mal. Apesar disso Jeová Elohim colocaram dentro do Jardim a serpente (que é também Satanás) (Gn. 3:1).Astutamente Satanás seduziu Eva que, iludida, tomou do fruto e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. Então foram abertos os olhos de ambos (Gn. 3:6-7). O castigo pela desobediência foi a expulsão do Jardim de Jeová Elohim; e claro, expulsos também da presença de Jeová deus: “Os homens começaram a se multiplicar sobre a face da terra, e lhes nasceram filhas. Viram os filhos de deus que as filhas dos homens eram formosas, e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram” (Gn. 6:1-2).Com o fechamento do caminho da árvore da vida, e a ausência de deus para guiá-los, os descendentes de Adão e Eva se misturaram com outros povos existentes fora do Jardim, e foi estabelecido o anarquismo. Esse anarquismo, sem princípios éticos e morais, gerou uma geração corrompida e perversa. Naquele tempo, os anjos se comunicavam diretamente com os homens: “Havia naqueles dias gigantes na terra, e também depois, quando os filhos de deus entraram as filhas dos homens, e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antigüidade, os varões de fama. E viu Jeová que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente” (Gn. 6:4-5). A palavra gigantes no verso 4, no hebraico, é NEFILIM, cuja tradução é: REBELDES, GIGANTES, ANJOS QUE DEIXARAM O MUNDO EM QUE VIVIVAM E VIERAM PARA A TERRA, cujos desenhos ainda existem na África, na gruta dos gigantes (Gn. 6:4). Na epístola de Judas, lemos: “E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão, e em prisões eternas até o juízo daquele grande dia” (Jd. 6). O singular da palavra nefilim éNEFEL, e quer dizer: ABORTO, EPILÉTICO, BELICOSO, PESSOA QUE SAI DO SEU LUGAR E MUDA PARA OUTRO, FUGITIVO. Outra variante é NAFAL, e quer dizer: CAIR, FALIR. Outra variante é NAFIL, que quer dizer: DEMÔNIO, ESPÉCIE DE LAGARTO.

Em Gn. 6:4 haviam três raças atoladas na corrupção e na imoralidade: Os anjos caídos (Nefilins), os filhos de deus, e as filhas dos homens. Era o anarquismo negro, e da mais baixa expressão. Não restou a Jeová outra alternativa senão a destruição daqueles que se tornaram inferiores às bestas (Gn. 6:7) (o significado das palavras hebraicas foi tirado do dicionário de Sábado Dinotos).

Os problemas que envolvem o acontecimento trágico que envolve toda a humanidade há seis mil anos, são os seguintes:

Jeová é o guarda dos homens. Jó clama, dizendo: “Se pequei, que te farei, ó guarda dos homens? Por que fizeste de mim um alvo para ti, para que a mim mesmo me seja pesado? E por que não perdoas a minha transgressão, e não tiras a minha iniqüidade?” (Jó 7:19-21). Nos salmos lemos: “Jeová é quem te guarda; Jeová é a tua sombra à tua direita. O sol não te molestará de dia, nem a lua de noite. Jeová te guardará de todo o mal; ele guardará a tua alma” (Sl. 121:5-7). Jeová não guardou Adão e Eva, que eram inocentes como crianças, pois não conheciam nem o bem e nem o mal. Jeová não guardou Abel, o justo (I Jo. 3:12).Por que Jeová colocou Satanás dentro do Jardim? Por que Jeová expulsou Adão e Eva do Jardim, condenando com eles toda a humanidade? Adão e Eva precisavam de ajuda e não de condenação. E por que Jeová permitiu que por 1650 anos prevalecesse o anarquismo e a corrupção, para depois declarar que vai destruir tudo no dilúvio?

Jeová é El Shaday, o todo poderoso. O salmista declara: “Tudo o que Jeová quis, ele o fez, nos céus e na terra, nos mares e em todos os abismos” (Sl. 135:6). Muitos intérpretes afirmam que a serpente foi colocada no Jardim para proteger, e corrompeu Eva, baseados em Ez. 28:13-14, mas esta interpretação é falsa, pois está escrito que Jeová é o guarda dos homens, como vimos acima. Satanás sempre foi perverso desde o princípio (I Jo. 3:8; Jo. 8:44). O querubim que caiu tinha por cobertura as pedras preciosas que o sumo sacerdote de Jeová também tinha (Ez. 28:13; Ex. 28:17-21).

Jeová declara que todo e qualquer mal que possa acontecer vem dele, logo não vem de Satanás (Am. 3:6; Lm. 3:37). Sendo assim, Jeová colocou a serpente no Jardim por que queria derrubar Adão. Jeová não guardou Adão porque não quis. Jeová expulsou Adão do Jardim e deixou o anarquismo perverso proliferar porque queria destruir a humanidade; TUDO FORJADO.

 

Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta