(752) – PAI 2

1.   O Deus Pai revelado por Jesus Cristo esteve também no Velho Testamento? Não, não esteve no Velho Testamento porque João diz: “Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, este o fez conhecer” (Jo.1:18).

2.   Jesus disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim” (Jo.14:6).

3.   Os fariseus perguntaram para Jesus: “Onde está teu Pai? Jesus respondeu: Não me conheceis a mim, nem a meu Pai; se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai” (Jo.8:19).

4.   Os filhos de Deus são gerados pela fé em Cristo: “Mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos que crêem no seu nome, os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus” (Jo.1:12-13).

5.   “E a vida eterna é esta: que conheçam a ti só, como único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste” (Jo.17:3). Para ser filho de Deus é necessário que a pessoa creia em Jesus Cristo e saia da morte para a vida: “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida” (Jo.5:24).

     No Velho Testamento não havia homens vivos; todos mortos: “Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram” (Rm.5:12).

6.   Deus não podia entrar no Velho Testamento porque ele não é Deus de mortos, mas de vivos: “Ora, Deus não é Deus de mortos, mas de vivos, pois para ele vivem todos” (Lc.20:38).

7.   Para ser filho de Deus, o homem tem de nascer de novo: “Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Poderá pode tornar a entrar no ventre da sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito” (Jo.3:4-6).

A Esposa de Cristo é a Igreja. O ventre da Esposa de Cristo é o salão de cultos. Quando uma pessoa se converte, entra para o ventre da Igreja. Pedro ensina dizendo: “Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre” (1 Pd.1:23). “Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo” (1 Pd.2:2). “Até que cheguemos todos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, à varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que, com astúcia enganam fraudulosamente” (Ef.4:13-14).

8.   Deus não está na terra, nem no Velho Testamento, porque Ele habita na luz inacessível: “Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver: ao qual seja a honra e poder sempiterno. Amem” (1 Tm.6:16).

9.   Deus nunca esteve na terra porque Jesus Cristo é o autor e consumador da fé: “Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do tono de Deus” (Hb.12:2).

10.   Deus nunca esteve na terra porque a Terra é o reino de Satanás: “Trouxeram-lhe, então, um endemoninhado cego e mudo; e de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via. E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de Davi? Mas os fariseus, ouvindo isso, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios. Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino, dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá. E, se Satanás expulsa Satanás, está dividido contra si mesmo; como subsistirá, pois, o seu reino?” (Mt.12:22-26).

11.   “Ou: Quem descerá ao abismo? (isto é, a tornar a trazer dentre os mortos a Cristo)” (Rm.10:7). “E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, e, acima das estrelas de Deus, exaltarei o meu trono, e, no monte da congregação, me assentarei, da banda dos lados do norte. Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo. E, contudo, levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo” (Is.14:13-15).

12.   A terra é o inferno.

Autoria: Pr. Olavo Silveira Pereira

Deixe uma resposta