Tag Archive | deus

(662) – DISPENSAÇÕES 1

O que é dispensação? É o período de tempo em que o homem é experimentado quanto a sua obediência a alguma revelação especial da vontade de Deus. Dispensação é também uma concessão de Deus: “Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça, que Ele tornou abundante para conosco em toda a sabedoria e prudência, descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, de tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra” (Ef.1:7-10). “Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos” (Gl.4:4-5). Então a dispensação da plenitude dos tempos, foi quando Jesus veio à terra.

Foi quando Deus revelou o mistério da sua vontade que era oculto em todos os séculos, e em todas as gerações: “Porque, tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem a cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam. Doutra maneira teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado. Nesses sacrifícios, porém, cada ano, se faz comemoração dos pecados, porque é impossível que o sangue dos bodes e dos touros tire os pecados. Pelo que entrando no mundo, diz: “Sacrifício e oferta não quiseste, mas corpo me preparaste; holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram. Então, disse: Eis aqui venho (no princípio do livro está escrito de mim), para fazer, ó Deus, a tua vontade. Como acima diz: Sacrifício, e oferta, e holocausto, e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei). Então, disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo. Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez” (Hb.10:1-10).

 E esta vontade estava oculta: “O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora, foi manifesto aos seus santos; aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória; a quem anunciamos, admoestando a todo homem, e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, para que apresentemos todo homem perfeito em Jesus Cristo” (Cl.1:26-27). “De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico, (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei” (Hb.7:11-12).

 Então, o sacerdócio levítico foi imperfeito, portanto Jesus não pode fazer parte deste sacerdócio, porque ele seria imperfeito. A lei foi mudada porque é imperfeita também: “Porque o precedente mandamento é abrogado por causa da sua fraqueza e inutilidade, pois, a lei nenhuma coisa aperfeiçoou” (Hb.7:18-19). Se a lei não aperfeiçoa e a vontade de Deus não era manifesta, estava oculta, não foi Deus quem deu a lei, e sim, os anjos: “Vós, que recebestes a lei por ordenação dos anjos, e não a guardastes” (At.7:53). “Mas agora ele alcançou ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de um melhor concerto, que está confirmado em melhores promessas. Porque, se aquele primeiro fora irrepreensível, nunca se teria buscado lugar para o segundo” (Hb.8:6-7).

 Cristo não é mediador do concerto de Iahweh. O concerto de Iahweh só existiu porque a vontade de Deus estava oculta em mistérios desde a eternidade. É por isso que Paulo fala: “Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver; ao qual seja a honra e poder sempiterno. Amém” (1 Tm.6:16). Iahweh diz: “Não é assim com meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa. Boca a boca falo com ele, e de vista, e não por figuras; pois ele vê a semelhança de Iahweh; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés?” (Nm.12:8). Iahweh era visto de muitas maneiras, por muitas pessoas, por isso, não é o Deus de 1 Tm.6:16.

 Autoria: Pastor Olavo Silveira Pereira

Jeová Falso Deus ?

A Bíblia é um livro repleto de ministérios, figuras e parábolas, que  envolvem principalmente a pessoa de Deus, dos anjos, dos demônios, a origem do mal e o fim do homem.Livro Jeová [320x200]

Durante vários anos de leitura, pesquisas e debates, fomos estudando cada trecho das Sagradas Escrituras, o que resultou neste livro que escrevemos sob o título, JEOVÁ, FALSO DEUS?

Nele, apresentamos argumentos claros e insofismáveis, extraídos das páginas da Bíblia, com o objetivo de trazer luz para este mistério divino.

Este livro trata especificamente da pessoa do Deus da Bíblia, da sua revelação aos homens e do conhecimento da sua real natureza; se Deus é bom ou mau; se condena inocentes; se está sujeito aos movimentos das paixões que movem os homens; se foi Jesus Cristo que revelou o Pai ou se foi Moisés e outros assuntos igualmente interessantes.

Será Jeová o Deus Pai de Jesus Cristo ou será Jeová um falso Deus?

A leitura deste livro trará certamente uma contribuição esclarecedora para desfazer a imagem negativa que muitos fazem do Deus verdadeiro, contrapondo de maneira clara e fartamente comprovada através das escrituras as imagens de Jeová e do Deus Pai de Nosso Senhor Jesus

Número de Páginas: 272

Preço: Sob Consulta.

 

Faça seu pedido preenchendo o formulário abaixo.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Telefone(obrigatório)

Seu endereço com CEP (Rua, Bairro,Cidade)

O ENIGMA DO PRINCÍPIO

Não podemos nos enclausurar nos muros da velha teologia, da religiosidade e dos preconceitos estabelecidos pela tradição, que não explicam fatos amplamente provados pela ciência, como a existência do homem a 4,5 ENIGMAmilhões de anos.

A teologia, por sua limitação religiosa, não consegue explicar e desvendar os mistérios de Deus,trazendo com isso uma consternação no conhecimento científico que produz frustração na pesquisa das coisas divinas.

Esta obra tem um caráter científico e ESPIRITUAL (mas não religioso, não denominacional), sendo revelador e uma resposta para os mistérios existentes no Livro de Gênesis, nunca antes explicados, e agora revelados, sem entrar em choque com a ciência e principalmente sem contrariar os preceitos divinamente inspirados na Bíblia.

Número de Páginas: 144

Preço: Sob consulta,  mais despesas de postagem.

 

Faça seu pedido preenchendo o formulário abaixo.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Telefone(obrigatório)

Seu endereço com CEP (Rua, Bairro,Cidade)

JESUS PREGOU AOS MORTOS

ESTUDO FEITO PELO PASTOR OLAVO SILVEIRA PEREIRA

 24/01/2010 

JESUS VEIO PREGAR AOS MORTOS

 (I Pedro 4:6)- Porque por isto foi pregado o evangelho também aos mortos, para que, na verdade, fossem julgados segundo os homens na carne, mas vivessem segundo Deus em espírito;

            Jesus pregou aos mortos … quem seriam estes mortos?

No evangelho de João está escrito que ninguém subiu ao céu, senão Cristo, este texto invalida as narrativas do VT que anjos ou Elias, ou Jeová subia e descia ….

(João 3:13)-             Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.

Existe um céu, visível ao olho humano : o céu astronomicamente falando, ou seja,  o céu  azul ou céu das estrelas.

Santo Agostinho , São Gregório, São Jerônimo – falam do céu em que Deus está.

A vida do homem é muito instável … terremotos, tsunamis …. a vida do homem é ilusória, repleta de acidentes, doenças. filhos rebeldes, a vida pode se transformar num verdadeiro inferno para muitas pessoas. Este mundo é repleto de sofrimentos. Para muitos a vida é um verdadeiro inferno aqui na terra. E Jesus veio neste inferno, pregar a nós, os mortos.

No evangelho de Lucas, Jesus deixa claro que os mortos, são os homens “vivos” que estão andando sobre a terra.

(LC 9:60) –  Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus.

(Apocalipse 3:1) – E AO anjo da igreja que está em Sardes escreve: Isto diz o que tem os sete espíritos de Deus, e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, e estás morto

(João 11:25)-           Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;

Então a terra está repleta de mortos que podem viver.

Sobre padecimentos com Cristo:

(Filipenses 1:29) – Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele,

 

I Pe 3: 18 a 21

18   Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;

19   No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;

Jesus padeceu pelos injustos também … Jeová mata e castiga os injustos, Cristo padece pelos injustos, para que eles possam ser transformados, e justificados.

 (I Corintios 6:9) – Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?

Havia um soldado romano que prendia cristãos e os matava na fogueira … ele era injusto …. porém com o tempo ele se converteu …. e ele implorou para um cristão que estava prestes a morrer …. e ele implorou o perdão do cristão …. e o cristão NÃO o perdoou…. este cristão morreu a toa … perdeu a chance da salvação e aquele soldado que se arrependeu estava no caminho certo. Portanto mesmo que der o corpo para ser queimado, se não tiver amor, para nada se aproveita.

(1CO 13:3) –  E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

(Efésios 4:13) – Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,

Mat. 6, se não perdoares, também Deus não o perdoará. Quem ama: perdoa, chegou a perfeição.

Perdoar até 70 vezes 7, é perdoar infinitas vezes. Nunca devemos julgar

(I Corintios 4:5) – Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor.

 

(Mateus 22:32) – Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos.

 

Rom. 5:

17   Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.

18   Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida.

19   Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.

20   Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;

21   Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor.

 

I Cor. 15: 21 e 22

21   Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem.

22   Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.

 

Todos morrem em Adão, todos estão mortos por causa da Lei, Adão é figura da Lei, do Velho Testamento, ministério da morte. Todos morreram em          Adão (Jeová) e todos vivem em Cristo (na ressurreição). Jesus batiza para a vida. Jeová batizou para morte no dilúvio

Rom 6:

3   Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?

4   De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.

5   Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição;

6   Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.

            O batismo nos capacita a sair da morte e entrar na vida.

(Colossenses 2:12) – Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.

            O batismo de Jeová é o da morte. O batismo de Cristo é o batismo da ressurreição é para vivificar

CL 2:13) –  E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,

I Pe 3: 18 a 21

18   Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;

19   No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;

20   Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água;

21   Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo;

No Batismo de Cristo há mudança de consciência .. .. (v. 21) O cristão tem tanta vontade de mudar, que quando se batiza “sepulta” as vontades. A salvação está na ressurreição. Somos justificados na ressurreição

I Co 15: 16 a 20

16   Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou.

17   E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados.

18   E também os que dormiram em Cristo estão perdidos.

19   Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.

20   Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.

 

(Romanos 4:25) – O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação.

(Efésios 5:14) – Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

            Só deixamos de ser mortos após recebermos Cristo. Batismo não do despojamento da imundícia da carne … Prá Jeová a remissão dos pecados era matar bodes e outros animais inocentes.

 (Hebreus 9:13) – Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne,

Prá Jeová, os sacrifícios de touros e bodes santifica a CARNE.

(Jeremias 11:15) – Que direito tem a minha amada na minha casa, visto que com muitos tem cometido grande lascívia? Crês que os sacrifícios e as carnes santificadas poderão afastar de ti o mal? Então saltarias de prazer.

Jeová tem as carnes santas?? Como o que é corrupção pode ser santo?

 (I Corintios 15:50)-            E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção.

Jeová é o deus de toda a carne , e carne é corrupção, Jeová é o deus da corrupção.

(Jeremias 32:27)-   Eis que eu sou o SENHOR, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim?  

A carne adora Jeová. A carne para nada aproveita.

 (IS 66:23) –  E será que desde uma lua nova até à outra, e desde um sábado até ao outro, virá toda a carne a adorar perante mim, diz o SENHOR.

(JO 6:63) –  O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida.

Jeová colocou entendimento na carne humana, este entendimento é o espírito do homem.

 (Jó 12:9) – Quem não entende, por todas estas coisas, que a mão do SENHOR fez isto?

(Jó 12:10) – Na sua mão está a alma de tudo quanto vive, e o espírito de toda a carne humana.

(JÓ 20:3) –  Eu ouvi a repreensão, que me envergonha, mas o espírito do meu entendimento responderá por mim.

 (Jó 32:8) – Na verdade, há um espírito no homem, e a inspiração do Todo-Poderoso o faz entendido.

Jeová faz o espírito dentro do homem.

(Zacarias 12:1) – PESO da palavra do SENHOR sobre Israel: Fala o SENHOR, o que estende o céu, e que funda a terra, e que forma o espírito do homem dentro dele.

            Se o Espírito Santo habita no homem, o homem não está na carne.

 (Romanos 8:9)- Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.

O mundo tem que ser retirado do coração do cristão.

 I JO 2:

15   Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

16   Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.

17   E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

O mundo jaz no maligno. Jeová está no mundo, ele é o Deus de Toda a Terra, Deus das Nações.

(I João 5:19)-           Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.

(Hebreus 6:10)-      Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis.

 

 (I Corintios 2:14) – Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

Jeová põe um espírito no homem que não entende as coisas de Deus, mas o Espírito do verdadeiro Deus faz o homem entender as coisas de Deus.

PERGUNTAS VARIADAS

ESTUDO FEITO PELO PASTOR OLAVO SILVEIRA PEREIRA

06/09/2009 

PERGUNTAS

O filho de Deus

Jo 1: 12 e 13

12   Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;

13   Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

Se alguém se considera filho de Deus, tem que crer em Cristo. Quem tem poder de Deus, é o cristão, através de Cristo, ser crente de verdade é crer em Cristo, e conhecer a vontade de Cristo.

Paulo diz: Sede meus imitadores como sou de Cristo

Está em mim o poder de me tornar filho de Deus, depende de mim….

O Poder está no cristão.

 

Existem as tentações para nos afastar do Reino de Deus.

Resistir depende da vontade do homem , Satanás tentar contaminar isto com pecados e corrupções, para nos afastar de Deus.

 

Satanás age mesmo após termos nos convertido, enfraquecendo a vontade do cristão.

o demônio desmoraliza o cristão para ele perder a vontade de buscar a santidade e deixar o pecado.

 

NO Velho Testamento não havia filho de Deus, quando se prega, Davi, Sansão, Elias …. são tudo carne, não nasceram de novo. São polígamos, assassinos, sem misericórdia ….

Precisamos discernir a Bíblia.

 

……………………………………………………………………………………………….

Sobre João Batista (Ele foi profeta de Jeová, o VT vai até João Batista)

(Mateus 11:11) – Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João o Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele.

João Batista e Elias seguiam a Jeová.

O menor no Reino dos Céus é maior que João Batista.

Lucas 16: 16

(Lucas 16:16) – A lei e os profetas duraram até João; desde então é anunciado o reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar nele.

João Batista estava cheio do espírito de Jeová e não do Espírito de Deus.

Atos 19

1   E SUCEDEU que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso; e achando ali alguns discípulos,

2   Disse-lhes: Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo.

3   Perguntou-lhes, então: Em que sois batizados então? E eles disseram: No batismo de João.

4   Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo.

5   E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus.

6   E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas, e profetizavam.

Paulo não aceitou o batismo de João, e os batizou novamente. O batismo de João Batista era o batismo da reconciliação com Jeová.

………………………………………………………………………………………………

Sobre Jesus – Messias de Jeová e Messias do Pai

Rom. 1: 3 e 4

(Romanos 1:3) – Acerca de seu Filho, que nasceu da descendência de Davi segundo a carne,

Romanos 1:4) – Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor,

Cristo nasceu segundo a carne para sentar no trono de Davi.

Cristo foi declarado Filho de Deus , após ressuscitar.

Segundo a carne Cristo não era Filho de Deus, somente após sua ressurreição.

João 3: 3 a 6

3   Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

4   Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?

5   Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

6   O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.

………………………………………………………………………………………………….

Os dois chamados de Abraão:

Gen 11

26   E viveu Terá setenta anos, e gerou a Abrão, a Naor, e a Harã.

27   E estas são as gerações de Terá: Terá gerou a Abrão, a Naor, e a Harã; e Harã gerou a Ló.

28   E morreu Harã estando seu pai Terá ainda vivo, na terra do seu nascimento, em Ur dos caldeus.

29   E tomaram Abrão e Naor mulheres para si: o nome da mulher de Abrão era Sarai, e o nome da mulher de Naor era Milca, filha de Harã, pai de Milca e pai de Iscá.

30   E Sarai foi estéril, não tinha filhos.

31   E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló, filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã; e vieram até Harã, e habitaram ali.

32   E foram os dias de Terá duzentos e cinco anos, e morreu Terá em Harã.

Terá saiu de Ur dos Caldeus e levou os familiares. (v. 31)

Jeová aparece em Harã, para Abraão.

O pai de Abraão saiu de Ur.

Jeová manda Abraão sair de Harã.

Abraão sai e leva Ló,

Jeová o leva para Canaã.

At. 7: 1 – 5

1   E DISSE o sumo sacerdote: Porventura é isto assim?

2   E ele disse: Homens, irmãos, e pais, ouvi. O Deus da glória apareceu a nosso pai Abraão, estando na Mesopotâmia, antes de habitar em Harã,

3   E disse-lhe: Sai da tua terra e dentre a tua parentela, e dirige-te à terra que eu te mostrar.

4   Então saiu da terra dos caldeus, e habitou em Harã. E dali, depois que seu pai faleceu, Deus o trouxe para esta terra em que habitais agora.

5   E não lhe deu nela herança, nem ainda o espaço de um pé; mas prometeu que lhe daria a posse dela, e depois dele, à sua descendência, não tendo ele ainda filho.

 

então o Deus da Glória (Jesus) apareceu à Abraão antes dele habitar em Harã. Logo Abraão teve dois chamados, um de Jesus outro de Jeová.

O Deus verdadeiro não lhe deu herança terrena, mas Jeová o deu.

Gál. 3: 14 a 16

14   Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.

15   Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada, ninguém a anula nem a acrescenta.

16   Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo.

As posteridades de Abraão foram as 12 tribos

e A posteridade de Abraão que é Cristo.

A Lei tem uma herança : a terrena

Jeová deu uma herança à Abraão: Canaã terrena

A herança do Pai não é terrena

Heb. 11: 8 a 10

8   Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia.

9   Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa.

10   Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus.

Então Abraão morou em cabanas, sinalizando que ele não aceitou a herança de Jeová.

Heb.

(Hebreus 1:2) – A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.

(Hebreus 1:3) – O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;

20   Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou,

21   Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.

22   Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.

23   E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo.

………………………………………………………………………………………………..

Sobre a criação do homem:

quando Jeová soprou em Adão, ele usurpou da Criação do Pai.

Por 12 bilhões de anos existiam homens sem entendimento (homens das cavernas).

Adão com mais massa encefálica, tem o entendimento e o Espírito de Deus, mora no entendimento do homem.

Os filhos de Deus (Pai)não nascem na carne.

O VT não pode ser misturado com o Novo Testamento,

Não se coloca vinho novo em odre velho

O Novo Testamento  é uma nova aliança, pois a velha aliança não era boa.

Jeová prometeu levar a uma terra de mana leite e mel, e matou a todos no deserto.

……………………………………………………………………………………………..

Deus Pai é invisível, Jeová foi visto

O Deus que dizia eu sou o deus, é mentiroso

o Deus verdadeiro nunca foi visto

Jo 1: 18

(João 1:18) – Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.

 

I Tim. 6: 16

(I Timóteo 6:16)-   Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém.

Nenhum homem viu nem pode ver a Deus.

Quem me vê a mim, vê o Pai …. Jesus reflete o Pai.

Ele tem o amor, a misericórdia , a graça o Espírito do Pai.

Olha prá Cristo é como se visse o Pai.

Jeová aparece e diz: eu sou El Shaday

Deus é Espírito não pode ser visto.

Deus se fez carne através de Cristo, para se tornar visível para nós.

I Tim. 1

(I Timóteo 1:17)-   Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.

 

Col. 1:

(Colossenses 1:15)-          O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;

Deus jamais será visto com os olhos da carne, só pode ser visto com os olhos da fé.

Ex. 33: 18

(Êxodo 33:18)-      Então ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória.

(Êxodo 33:19) – Porém ele disse: Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti, e proclamarei o nome do SENHOR diante de ti; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer.

(Êxodo 33:20) – E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá.

(quem vê Jeová morre, quem vê a Cristo vive)

Jo 17: 3

(João 17:3)- E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

Deus Pai não se vê, mas ele deverá ser CONHECIDO.

Quem conhece Jeová morre

………………………………………………………………………………………….

Deus Pai quer que todos se salvem,

Todos: (honestos, bandidos, ignorantes, prostitutas, mulheres caseiras) ,..  e Jeová condenou a todos.

I Timot. 2: 3 e 4

(I Timóteo 2:3) – Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,

(I Timóteo 2:4) – Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.

Jeová punha reis tirava reis, mandava guerrear matar, saquear, mandava pragas, terremotos, Jeová é o Deus deste mundo.

Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.

(João 1:7) – Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.

(Salmos 119:142)- 2        A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade.

(Provérbios 6:23)-   Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida

Jesus é a verdadeira luz. A Lei é luz (luz falsa),

(João 1:9)- Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo.

João 5:

31   Se eu testifico de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro.

32   Há outro que testifica de mim, e sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro.

33   Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade.

34   Eu, porém, não recebo testemunho de homem; mas digo isto, para que vos salveis.

………………………………………………………………………………………………….

O verdadeiro Deus não aceita testemunho de homens,

Jeová aceita.

Cristo não aceitou o testemunho de João, pois o deus de João era Jeová.

(II Corintios 5:16) – Assim que daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos deste modo.

Se andarmos segundo a carne não seremos reconhecidos lá em cima.

………………………………………………………………………………………………

Jeová manda odiar o inimigo, Cristo manda amar.

Mat 5

 43   Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.

44   Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;

45   Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.

Jeová mandava odiar os inimigos, Jesus mandava amar os inimigos.

Jesus mandava amar, aqueles que Jeová mandava odiar, Jeová não conhecia o amor de Cristo. Se Jeová conhecesse o amor de Cristo, ele não mandava odiar.

Cristo veio revelar o amor de Deus

Jeová não conhecia o amor do Pai.

logo

Jeová não conhecia o Pai

e Jeová diz
Eu sou o único deus, e fora de mim não há deus

Jeová dizia fora de mim não há deus …. aí ele excluía até Cristo.